Brasília-DF,
23/OUT/2018

Milton Guedes faz retrospectiva da carreira em show no Clube do Choro

As canções do novo CD também estarão presentes na apresentação

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Irlam Rocha Lima Publicação:25/10/2013 06:02
'Me orgulho de ser um artista brasiliense', revela o músico (Gabriel Wickbold/Divulgação)
"Me orgulho de ser um artista brasiliense", revela o músico

O brasiliense tomou conhecimento de Milton Guedes no começo da década de 1980. Adolescente, ele se destacou como saxofonista e vocalista da banda pop Por do Sol, que antecedeu ao boom do rock na capital. Paralelamente, o jovem músico fazia apresentações solo, em bares do Centro Comercial Gilberto Salomão. Foi lá que Oswaldo Montenegro, ao descobri-lo, o levou para integrar a trupe do Menestreis. Depois de participar de shows, musicais e discos de Montenegro, Milton migrou para a banda de Lulu Santos. Daí, firmou-se como multi-instrumentista, sendo convidado para acompanhar, em gravações, artistas consagrados como Roberto Carlos, Milton Nascimento, Maria Bethânia, Rita Lee, entre outros.

Mesmo com agenda cheia no Rio de Janeiro, onde está radicado há mais de duas décadas, Milton não deixa de voltar a Brasília. Neste sábado (26/10), ele ocupa o palco do Espaço Cultural do Choro, com um show de retrospectiva da carreira. “Farei uma espécie de resgate, ao tocar canções que ficaram guardadas na minha memória afetiva.


Na segunda parte do show, o público ouvirá músicas do novo CD de Milton. “Mostrarei mashups (misturas) presentes no repertório do meu próximo disco, a ser lançado ainda neste ano.

Duas perguntas Milton Guedes


O que você trouxe para o seu trabalho solo do período em que atuou como músico nas bandas de Oswaldo Montenegro e Lulu Santos?

Com Oswaldo, aprendi que o músico precisa ter muita disciplina e se exigir ao máximo. A visão pop e a performance cênica do Lulu são referências importantes para mim.

Você gravou Mulheres, de Ivan Sérgio, da banda brasiliense Vagabundo Sagrado, que entrou na trilha sonora da novela Guerra dos sexos. Hoje, à distância, como vê Brasília musicalmente?


A cidade sempre foi e continua sendo um celeiro de grandes músicos, cantores, compositores e bandas. Me orgulho de ser um artista brasiliense.

Milton Guedes

Show do cantor e multiinstrumentistas, acompanhado por Felipe Melanio (violão e guitarra), Heitor Lima (bateria) e Marquinhos Guedes (percussão), sábado (26/10), às 21h, no Clube do Choro (SDC, Bl. G, Eixo Monumental; 3224-0599). Ingressos: R$ 20 e R$ 10 (meia-entrada). Não recomendado para menores de 14 anos.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES