Brasília-DF,
26/SET/2018

Shows de Ney Matogrosso e Bell Marques são os destaques da coluna Sons da Noite

Confira abaixo mais informações sobre os eventos e descubra outros

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Irlam Rocha Lima Publicação:25/10/2013 06:15Atualização:25/10/2013 09:34

Roqueiro e libertário

Ney Matogrosso apresenta a turnê Atento aos sinais ( Luis Xavier de França/Esp. CB/D.A Press)
Ney Matogrosso apresenta a turnê Atento aos sinais

Sempre camaleônico, Ney Matogrosso ataca de roqueiro em Atento aos sinais, o espetáculo com o qual está na estrada desde o último verão. No show, visto em Brasília no fim de março último, o cantor, aos 72 anos, exibe jovialidade e se mantém irreverente e libertário.

 

Ney volta à cidade e ao Auditório Master do Centro de Convenções Ulysses Guimarães no dia 3 com Atento aos sinais, que traz novidades. Poema (Cazuza) e Ex-amor (Martinho da Vila) são músicas que passaram a fazer parte do roteiro, ao lado de canções como Rua da passsagem (Arnaldo Antunes), Vida louca vida (Lobão), Freguês da meia-noite (Criolo), Fico louco (Itamar Assumpção), Amor (João Ricardo e João Apolinário) e Two naira fifty kobo (Caetano Veloso). Os ingressos estão à venda no piso G2 do Brasília Shopping. Não recomendado para menores de 16 anos.

Kid Morengueira

Moreira da Silva, na passagem dos seus 110 anos de nascimento, será celebrado no próximo mês com o projeto Homenagem ao malandro, no Museu Nacional dos Correios (Setor Comercial Sul). A série de shows tem como protagonistas Ângela Ro Ro (dia 8), Danilo Caymmi (dia 9) e Maria Alcina (dia 10). Acertei no milhar, Na subida do morro, Amigo urso, O último dos moicanos e Piston de gafieira são algumas das músicas do repertório do eterno Kid Morengueira. Não recomendado para menores de 16 anos.

Na estrada

Humberto Gessinger, ex-vocalista do Engenheiros do Hawaii, está na estrada com show solo, em que aproveita para lançar o álbum Insular, o primeiro de canções inéditas após 10 anos, no qual tem parcerias com os gaúchos Beto Alves, Duca Leindecker e os mineiros do Jota Quest. Ele chega à capital em 10 próximo, para apresentação no espaço cultural do Minas Brasília Tênis Clube. Não recomendado para menores de 18 anos.

A despedida

Bell Marques faz show de despedida do Chiclete com Banana (Fred Pontes/Divulgação)
Bell Marques faz show de despedida do Chiclete com Banana
Bell Marques fará a última apresentação à frente do Chiclete com Banana na cidade, em 10 de novembro, em novo local para shows. O espaço, denominado Arena Lounge, a ser instalado sob as colunas do Estádio Nacional Mané Garrincha, entre os portões 13 e 17, terá capacidade para 6 mil pessoas. O bloco funk carioca Carrossel de Emoções abrirá a programação, às 18h30. Não recomendado para menores de 16 anos.

Finca 2013

O anfiteatro 9 da UnB vai ser palco da primeira etapa da quinta edição do Festival Universitário da Música Candanga, com apresentações de segunda-feira ao dia 6 próximo, às 12h. Dois dias depois, a final, ocorre no Centro Comunitário Athos Bulcão, do Câmpus Darcy Ribeiro, às 20h. O Finca foi responsável por revelar a cantora Ellen Oléria e as bandas Móveis Coloniais de Acaju e Rupestre.

Nova pista

A Noir, boate que será aberta no início de novembro, no Centro Comercial Gilberto Salomão, acertou a contratação do badalado Kento Lucchesi como DJ residente. Os proprietários da nova casa, Felipe Mattos e Felipe Leão, fecharam parceria com a produtora de eventos R2 para promover as festas de sexta-feira.

Para degustar


Beer Experience é o nome do evento voltado para degustadores de cerveja, que vai ocupar por três noites, em novembro, o Opera Hall (Vila Planalto). Para animar ainda mais o ambiente, estão programados shows de Seu Jorge (dia 8), Alceu Valença (dia 9) e da banda Velhas Virgens (dia 10). Não recomendado para menores de 18 anos.

Violão azerbajano

O projeto Guitarríssimo apresenta neste sábado (26/10), às 20h, no Espaço Cultural Institituto Cervantes, o jovem violonista do Azerbajão Rovshan Mamedekuliev, vencedor do Guitar Goudation of America 2012. Peças como Capricho árabe (Francisco Tárrega), Sevillana (Joaquin Turina) e Prelúdio nº 3 (Heitor Villa-Lobos) estão no programa do concerto. Ingressos à venda no local. Classificação indicativa livre.

Belas canções

Na comédia sofisticada Nós sempre teremos Paris, de Arthur Xexéo, que Françoise Forton e Aloísio de Abreu voltam a apresentar neste sábado (26/10), às 21h e domingo, às 20h, no teatro do Complexo Brasil 21, destaca-se, também, a trilha sonora. C’est si bon e La vie en rose, imortalizadas por Jean Sablon e Édith Piaf, respectivamente, além de uma versão de Garota de Ipanema (Tom Jobim e Vinicius de Moraes), estão entre as canções cantaroladas pelos atores, acompanhados por dois músicos, o pianista e acordeonista Eugênio Matos e o violonista Roberto de Brito. Classificação indicativa livre.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES