Brasília-DF,
21/FEV/2018

Cutucart apresenta A caravana da ilusão, no Teatro da Funarte

Produção envolve mímica, música e arte para interpretar os textos

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Rebeca Oliveira Publicação:08/11/2013 06:06Atualização:07/11/2013 14:26

Em curta temporada, o grupo Cuturcart encena A caravana da ilusão, de Alcione Araújo (Júnior Ribeiro/Divulgação)
Em curta temporada, o grupo Cuturcart encena A caravana da ilusão, de Alcione Araújo
O grupo cuturcart leva, neste fim de semana, os ensinamentos de um mestre da dramaturgia às salas do teatro Plínio Marcos. Com a peça A caravana da ilusão, em curta temporada, a companhia se debruça sob os estudos de Jacques Lecoq, conhecido por aliar mímica e outras plataformas (como o esporte e a arquitetura), dando a ela contornos ainda mais dramáticos.

Uma trupe de cinco mambembes fornece ao texto de Alcione Araújo uma metalinguagem poética, aprofundando o trabalho do grupo com pesquisa corporal e expressão vocal. No enredo, após a morte do pai e do líder do grupo, os artistas se encontram em uma encruzilhada. "Vimos a necessidade de unir texto e voz. Decidimos dar vida à criação do Alcione, questionando a sobrevivencia da arte", afirma o diretor Getúlio Cruz.

 

A caravana da ilusão

Com Ana Domingues, Bia Oliveira e Fernando Cardoso. Estreia nesta sexta (8/11) e sábado (9/11), às 21h, no Teatro Plínio Marcos (Funarte, Eixo Monumental, em frente à Torre de TV; 3322-2076). Ingressos a R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia). Classificação indicativa livre.

 

 

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES