Brasília-DF,
18/FEV/2018

Festival Brasileiro de Teatro de Terreiro fortalece a cena local com várias atrações

Para abrir a programação, o artista pernambucano Antônio Nóbrega toma o palco do Teatro Plínio Marcos, que hospeda os oito dias do festival

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Diego Ponce de Leon Publicação:13/11/2013 06:00Atualização:12/11/2013 15:55
O pernambucano Antônio Nóbrega apresenta o novo espetáculo Ariano, eu e Tonheta (Silvia Machado/Divulgação)
O pernambucano Antônio Nóbrega apresenta o novo espetáculo Ariano, eu e Tonheta

Embora o teatro brasiliense viva dias de militância por uma estrutura decorosa, bons eventos ligados às artes cênicas mantêm o vigor e aparecem como ferramentas fundamentais na busca por novos espaços e pela formação de plateias. O Festival Brasileiro de Teatro de Terreiro, que começa nesta quarta-feira (13/11), traz atrações do Distrito Federal e de outras cidades e ilustra o viés de resistência.


Para abrir a programação, o artista pernambucano Antônio Nóbrega toma o palco do Teatro Plínio Marcos (Funarte — Eixo Monumental), que hospeda os oito dias do festival. Ele aproveita a oportunidade para estrear Ariano, eu e Tonheta.


“Um misto de espetáculo, encontro e conversa, em que eu falo um pouco de Ariano Suassuna, de mim, e sobre como estas duas entidades, eu e ele, conversamos”, revelou o múltiplo músico, em entrevista ao Correio. Conterrâneo de Nóbrega, o grupo Grial, fundado justamente pelo mestre Suassuna, exibe os movimentos característicos da dança armorial, no sábado.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES