Brasília-DF,
22/JUN/2018

Caratê conquista crianças nas academias de artes marciais da cidade

Modalidade ajuda na concentração, na disciplina e no condicionamento físico dos atletas-mirins

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Guilherme Pera - Especial para o Correio Publicação:28/02/2014 06:01
Disputa na Copa Centro-Oeste: Brasília foi fundamental na popularização do esporte entre as crianças no país (Lindomar Matos/Divulgação)
Disputa na Copa Centro-Oeste: Brasília foi fundamental na popularização do esporte entre as crianças no país

Não é raro ver crianças com menos de 10 anos de idade vestidas de quimono nas academias de caratê da cidade. O DF tem uma longa relação com o arte marcial praticada desde a primeira infância, promovida pelo professor Jackson Pereira e adotada por outros senseis da capital federal.

No começo dos anos 1980, o garoto Glenn Homer, de apenas 12 anos, foi convidado para fazer uma demonstração no Japão, país inventor da arte marcial. O garoto, aluno de Jackson desde os 3 anos de idade, fez sucesso, foi considerado um “mestre-mirim” e, quando voltou, virou sensação: foi entrevistado por diversos meios de comunicação e popularizou a modalidade entre as crianças do país.

A academia de Jackson, Urama-Kan, foi uma das primeiras do DF, fundada  com o mestre nipônico Higashino, adepto do shotokan – estilo que trouxe a competitividade ao caratê, inventado pelos japoneses para defender a família. “É importante treinar corpo, mente e espírito. Deve-se deixar a violência de lado, caratê é inteligência”, filosofa o professor.

Jackson não é o único a alertar para o problema da procura por artes marciais para promover a violência. Lindomar Matos, sensei da ShingetsuKan Dojo, lembra que o caratê deve ser encarado como defesa pessoal “(O caratê) é importante para orientar as crianças e deve ser ensinado com consciência”, diz. Tanto Jackson como Lindomar ressaltam, inclusive, a arte como exercício físico. “Aumenta a concentração, a capacidade física e a disciplina”, afirma.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES