Brasília-DF,
18/FEV/2018

Jornalista Miriam Leitão faz noite de autógrafos do livro Tempos extremos

A história se passa em uma fazenda mineira, quando uma família fragmentada pela ditadura militar vai para passar o feriado, após anos de desentendimentos

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Luana Brasil - Especial para o Correio Publicação:11/06/2014 08:32
Miriam Leitão, autora do livro Tempos modernos (Sergio Abranches/Divulgação)
Miriam Leitão, autora do livro Tempos modernos

Subvertendo a aspereza do noticiário econômico, Miriam Leitão apresenta ao público uma faceta delicada e fluída de seu trabalho. Tempos extremos, romance de estreia da prestigiada jornalista mineira, traz duas histórias entremeadas, sobre assuntos pungentes da história brasileira. “São duas narrativas se tocam. Uma se passa no tempo da ditadura; outra, na escravidão. E ambas têm como norte a busca pela liberdade”, revela Míriam ao Correio. A história se passa em uma fazenda mineira, quando uma família fragmentada pela ditadura militar vai para passar o feriado, após anos de desentendimentos. Cisões, desafetos e segredos são revelados no reencontro, marcado pelas lembranças. Atingidos pelos eventos da história, os laços familiares se esgarçam e se rasgam.

Derramando-se sobre o passado remoto, a escravatura, e o passado recente, a ditadura, Tempos extremos amplia, por fim, nossa perspectiva do presente. “São dois assuntos muito pesados, mas procurei fazer um livro leve, com muito ritmo e ação.”, explica a autora. Na obra, Miriam busca entender em que medida a memória nos ajuda a viver, iluminando o passado ou se, ao contrário, nos serve apenas de fardo a ser carregado.

O lançamento e noite de autógrafos da obra Tempos extremos será realizada nesta quarta-feira (11/6), às 19h no Pier 21 (Setor de Clubes Sul). Entrada franca. Classificação indicativa livre.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES