Brasília-DF,
21/FEV/2018

'O olhar de Waldomiro' retrata imagens do cotidiano

Obra mostra o lado mais humano do artista Waldomiro de Deus que há 26 anos está radicado em Goiânia

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Nahima Maciel Publicação:23/06/2014 06:02

Paisagens, pinturas de pássaros e bichos estão em  'O olhar de Waldomiro' (Reprodução/Waldomiro de Deus)
Paisagens, pinturas de pássaros e bichos estão em 'O olhar de Waldomiro'

A exposição O olhar de Waldomiro, em cartaz no hall do Supremo Tribunal Federal (STF), reúne 40 obras de um pintor cujo olhar e trajetória sempre estiveram voltados para o cotidiano. Nascido na Bahia, Waldomiro de Deus foi para São Paulo aos 14 anos. Na capital paulista, foi menino de rua e realizou a primeira exposição no viaduto do Chá. Há 26 anos radicado em Goiânia, Waldomiro passou a ser nome frequente nas bienais e exposições de arte naïf.

 

As obras reunidas no STF celebram 57 anos de trajetória e enfocam o lado mais humano do trabalho do artista. “Embora Waldomiro seja conhecido pelas obras polêmicas, as pinturas escolhidas para a exposição são mais suaves”, avisa o curador da mostra, Edemm Shalon.

“A obra dele é muito crítica, traz uma mensagem e faz uma denúncia, mas na exposição preferimos mostrar um aspecto mais suave”, completa. Assim, são paisagens, pinturas de pássaros e bichos e algumas referências religiosas que aparecem nas telas.

 

SERVIÇO

O olhar de Waldomiro

Hall Ministro Menezes Direito (Ed. sede do Supremo Tribunal Federal - Anexo II). Visitação até 31 de agosto, de segunda a sexta, das 13h às 19h.

 

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES