Brasília-DF,
21/FEV/2018

Ópera cômica Gianni Schicchi trazer o sertão nordestino da década de 1920 para peça

"Queríamos aproximar a obra da nossa cultura, do cotidiano do brasileiro e da história do nosso folclore", diz a diretora e atriz Clara Figueirosa

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Paula Bittar, Especial para o Correio Publicação:12/09/2014 06:12
[FOTO1]
Nova montagem da ópera cômica Gianni Schicchi, do compositor Giacomo Puccini e libreto de Giovachino Forzanno, estreia no palco do Centro Cultural de Brasília — CCB. O espetáculo, originalmente escrito em italiano, será cantado em português, além de trazer o sertão nordestino da década de 1920 para ambientar a trama.

“Queríamos aproximar a obra da nossa cultura, do cotidiano do brasileiro e da história do nosso folclore. Escolhemos o nordeste para isso. Inserimos a xilogravura, arte do cordel, além de figurino e sotaque da região na peça”, conta Clara Figueiroa, diretora e atriz do espetáculo.

A obra conta a história da família de Buoso Donatti. Toda a fortuna do patriarca é deixada para o convento depois de sua morte. Com a ajuda de Gianni Schicchi, os familiares conseguem mudar o testamento, mas logo são enganados pelo ajudante que transfere para si a maior parcela da riqueza.

Gianni Schicchi

Centro Cultural de Brasília – CCB (601 Norte). Sexta, às 20h; e sábado, às 21h. Ingressos: R$ 10 e R$ 5 (meia) à venda na bilheteria do teatro duas horas antes do início do espetáculo. Classificação indicativa: livre. Informações: 9159-0300.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES