Brasília-DF,
23/JUN/2018

Questões de gênero são tema de musical infantil no CCBB

Na peça, há somente mais uma atriz em cena, a instrumentista Tata Fernandes, que ajuda Teresa, vivida por Cláudia Missura, a entender o diferente universo

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Publicação:12/09/2014 06:45
 (Andrea Pedro/Divulgação)

Os desafios da infância em investigar o outro e a si mesmo são tema do musical O menino Teresa. No espetáculo, Teresa decide, apenas por uma tarde, virar um menino e descobre um mundo em que há mais igualdades do que diferenças.

A garota imagina uma expedição, no estilo Indiana Jones, no quarto escuro e abandonado dos meninos. Com uma vela e um mapa, a menina expressa suas dúvidas e certezas sobre questões de gênero e tenta desvendar os mistérios que envolvem costumes e hábitos do mundo masculino.

De acordo com o diretor, Marcelo Romagnoli, o musical é uma oportunidade para abordar a identidade. “Em O menino Teresa, discutimos gênero, trocamos identidades e ampliamos as possibilidades”, afirma. As dúvidas sobre o outro sexo são apresentadas de forma divertida e suave, na qual vale mais a diversão, do que as certezas dos adultos. “Curiosidade é a palavra que move a infância”, completa Romagnoli.

Há somente mais uma atriz em cena, a instrumentista Tata Fernandes, que ajuda Teresa, vivida por Cláudia Missura, a entender o diferente universo.

O menino Teresa

Centro Cultural Banco do Brasil (SCES, Tr. 2, lt. 22). Nesta sexta-feira, às 15h; amanhã e domingo às 16h. Entrada franca. Recomendado para

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES