Brasília-DF,
23/OUT/2018

Elba Ramalho e Geraldo Azevedo cantam juntos no show O reencontro

Acompanhados pela banda formada por Marcos Arcanjo (guitarra e violão), Ney Conceição (baixo), Meninão (acordeão) e Anjo Caldas (percussão

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Irlam Rocha Lima Publicação:26/09/2014 06:32Atualização:25/09/2014 11:28

 (Marcelo Lyra/Divulgação)

Na primeira metade da década de 1970, vários artistas nordestinos migraram para o Rio de Janeiro e, entre eles, estavam Elba Ramalho e Geraldo Azevedo. Logo os dois se tornaram amigos e passaram a desenvolver projetos musicais juntos.


“Desde o começo da minha carreira, quando cheguei ao Rio, tive Geraldinho como um dos meus melhores amigos. A gente se conheceu quando eu estava no fazendo teatro. Dividimos casa, vida, mas não nos casamos, não! (risos). Além da admiração, há o carinho, intimidade musical. A gente se conhece”, destaca a cantora.


Hoje, às 21h, Elba e Geraldo Azevedo voltam a estar juntos, no espaço cultural do Minas Brasília Tênis Clube. No show O reencontro, que está em turnê pelo país. Acompanhados pela banda formada por Marcos Arcanjo (guitarra e violão), Ney Conceição (baixo), Meninão (acordeão) e Anjo Caldas (percussão).

 

Perguntas para Geraldo Azevedo

Quando teve início a sua parceria musical com Elba Ramalho?

Em 1979, já nos conhecíamos e Elba ia começar a gravar o Ave de prata, seu primeiro disco. Além de compor Canta coração para ela, fiz a direção musical do LP. A partir dali sempre estivemos juntos em vários projetos.

O espetáculo O grande encontro foi um marco na carreira do vocês. Como é voltar a se reunir em O Reencontro?

Tem sido um prazer enorme. Já fizemos oito apresentações desse show que agora chega a Brasília. Tenho certeza que o público da capital vai curtir bastante.

 

O reencontro

Show de Elba Ramalho, Geraldo Azevedo e banda hoje, às 21h, no espaço cultural do Minas Brasília Tênis Clube (Setor de Cubes Norte). Ingressos: R$ 100 (frente palco), não recomendado para menores de 16 anos; R$ 160 (camarote open bar) e R$ 800 (mesa open bar/ quatro lugares), não recomendado para menores de 18 anos — valores referentes à inteira. Pontos de venda: G2 do Brasília Shopping, Casa do Cowboy (Taguatinga) e rede de lojs Chilli Beans. Informações: 3036-4042, 3342—2232 e 9977-1011.

 

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES