Brasília-DF,
16/JUL/2018

Tapetes ilustram histórias de maneira divertida e surpreendente na Caixa Cultural

Grupo Tapetes contadores de histórias traz à galeria 24 peças confeccionadas pelos integrantes e em parceria com contadores estrangeiros

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Nahima Maciel Publicação:26/09/2014 07:30Atualização:25/09/2014 14:11
Tramas russas, africanas e inglesas estão entre as 24 que serão apresentadas pela companhia
 (Cadu Cinelli/Divulgação)
Tramas russas, africanas e inglesas estão entre as 24 que serão apresentadas pela companhia
Tato, olhar e imaginação são os ingredientes mais preciosos para o grupo Tapetes contadores de histórias. É com essa tríade que as crianças são convidadas a mergulhar nas aventuras narradas pelo grupo e ilustradas por tapetes confeccionados em pano com imagens que remetem às tramas. A partir de amanhã, o grupo estará com a exposição e a performance Shtim Shlim na Caixa Cultural.

Durante a exposição, o grupo de sete contadores vai se revezar no espaço da Caixa para realizar a performance. "Como nos contos, a gente vai ficar aqui 40 dias e 40 noites", avisa Cadu Cinelli, curador da mostra.

No total, o Tapetes traz à galeria 24 peças confeccionadas pelos integrantes e em parceria com contadores estrangeiros. Do Peru vieram os livros de pano confeccionados com a técnica da arpilleria, maneira andina de contar as histórias peruanas, e da França vieram alguns exemplares, como os tapetes confeccionados para narrar o conto inglês Friska e o russo Mashenka.

Viagem imaginária

"Nossa escolha para essa exposição tem relação com fazer uma viagem conhecendo as histórias, mas também com os lugares onde os tapetes foram feitos", explica Cinelli. "Os tapetes são um jogo, como se a gente pudesse ter dentro do objeto a possibilidade de uma brincadeira que nos remete a lugares da afetividade", completa.

Na performance Shtim Shlim, a trupe narra um conto popular berbère do norte da África no qual um rapaz sai em busca da magia e da ciência depois de ter a certeza de ter abrigado sob suas roupas o sol e a lua.

Tapetes contadores de histórias

Visitação até 9 de novembro, de terça a domingo, das 9h às 21h, nas galerias Piccola 1 e Piccola 2 da Caixa Cultural. Classificação indicativa: livre.

Shtim Shlim

Terças e quintas, às 10h, e quartas e sextas, às 15h. Sábado e domingo, às 18h. Senhas são distribuídas com uma hora de antecedência.

Oficinas

Com a contadora Inno Sorsy.

Dia 30 de setembro e 3 de outrubro, das 18h às 21h, na Caixa Cultural. Inscrições pelo e-mail oficina.tapetes@hotmail.com, até hoja às 23h59.

Mesa-redonda

Com o arte educador Thiago Borazanian e com a atriz Luciana Zule. Segunda, das 18h às 21h, na Sala Gente Arteira da Caixa Cultural. Entrada franca.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES