Brasília-DF,
21/JUL/2018

Fãs podem relembrar de Elis Regina em musical que chega a Brasília

A apresentação tem por base 49 canções divididas em dois ato e conta com as músicas Arrastão, Madalena, Águas de março, Atrás da porta, Redescobrir e O bêbado e a equilibrista

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Irlam Rocha Lima Publicação:03/10/2014 07:45
Laila Garin tem performance arrebatadora como a Pimentinha (Caio Gallucci/Divulgação)
Laila Garin tem performance arrebatadora como a Pimentinha

O sucesso de Elis, a musical, ao cumprir temporadas no Rio de Janeiro e em São Paulo, repercutiu em Brasília. Os ingressos para as sessões dessa quinta e desta sexta, às 21h, no Auditório Master do Centro de Convenções Ulysses Guimarães se esgotaram antecipadamente. Por conta do interesse do público, uma sessão extra foi marcada para as 17h30 desta sexta-feira.

Saiba mais...
A peça, escrita por Nelson Motta e Patrícia Andrade e dirigida por Dennis Carvalho, é protagonizada pela atriz e cantora baiana Laila Garin, com performance arrebatadora, que já lhe valeu a conquista de vários prêmios e indicação para outros. No palco, ela está à frente do elenco de 19 atores e bailarinos e tem o acompanhamento de banda com nove músicos. “Para fazer Elis, a maior estrela da música brasileira, busquei colocar minha personalidade para me assemelhar a ela, mas sem fazer imitação”, explica a atriz.

Esta não é a primeira vez que Laila vem à cidade. Ela lembra que já esteve aqui com outros quatro espetáculos, entre os quais, Medeia, dirigido por Roberto Zucco; A sombra de Quixote e O homem provisório — esse último inspirado em Grande Sertão Veredas, de Guimarães Rosa —, ambos com direção de Cacá Carvalho. “Antes de ser escolhida, entre mais de 200 candidatas, para interpretar Elis Regina, fiz Gonzagão, a lenda, com o João Falcão”, conta.

O espetáculo, com três horas de duração, tem por base 49 canções divididas em dois atos. É um repertório que se tornou clássico na voz da Pimentinha, com Arrastão, Madalena, Águas de março, Atrás da porta, Redescobrir e O bêbado e a equilibrista, que, interpretadas por Laila, emocionam o público. A direção musical é de Delia Fischer. Um dos destaques do grupo é o ator e bailarino brasiliense Alessandro Brandão, que vive o coreógrafo norte-americano Lennie Dale.


COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES