Brasília-DF,
21/JUL/2018

Kadu Moliterno protagoniza de forma divertida peça sobre divórcio em Brasília

Corra que a minha ex-mulher vem aí com os divorciados estreia neste fim de semana em Brasília

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Rebeca Oliveira Publicação:17/10/2014 06:35Atualização:16/10/2014 13:27
Elenco se diverte em cena que trata com humor o fim de um casamento (Genilson Coutinho/Divulgação)
Elenco se diverte em cena que trata com humor o fim de um casamento

O ator Kadu Moliterno defende a tese de que toda comédia, ainda que nas entrelinhas, provoca algum tipo de reflexão. Para ele, uma prova disso é a peça Corra que a minha ex-mulher vem aí com os divorciados, com estreia este fim de semana em Brasília e que marca seu retorno ao teatro, após 30 anos afastado dos palcos.

“O espetáculo conta de maneira engraçada a saga de um homem que está se divorciando e com certo trauma da ex-mulher. Por coincidência, conhece um cara que está perdidamente apaixonado e que conta a ele sobre esse novo amor. Curiosamente, os dois personagens estão falando da mesma mulher”, adianta o ator.

O convite para que ele retornasse aos palcos surgiu do diretor e ator carioca Carlos Simões, que escreveu Corra que a minha ex-mulher vem aí com os divorciados como parte de uma trilogia sobre relacionamentos. Em cartaz há cinco meses, a peça é uma continuação de Os homens querem casar e as mulheres querem sexo e Minha mulher, minha chefe. Juntos, os espetáculos já foram vistos por mais de um milhão de espectadores.

Simões está preparando uma versão cinematográfica baseada nas três peças. A previsão de estreia é no primeiro semestre do ano que vem. Kadu Moliterno é dado como certo no elenco. “Simões está terminando o roteiro e, felizmente, estou colaborando com improvisações em cena, durante as apresentações de Os divorciados. Apresento elementos novos que ele tem incorporado ao longa”, adianta.

Duas perguntas para Kadu Moliterno

Vocês fizeram pesquisas para compor os personagens de Corra que a minha ex-mulher vem aí com os divorciados?

Este foi um processo do Carlos Simões, que idealizou os três espetáculos. Ele foi a cartórios e estudou os principais motivos de separação. De fato, houve muita pesquisa para criar as três peças e, baseado em nossa amizade e no estilo de vida que tenho, Simões acreditou que eu poderia agregar ao enredo de Os divorciados, com a minha vivência. Eu estava fora do palco há quase 30 anos, não poderia negar um convite como esse. Acredito em cada linha do texto e me divirto com ele.

O que mais te atraiu na peça para impulsionar sua volta ao teatro?

Quando li o texto pela primeira vez, logo notei que era tudo que queria fazer. Passei por um processo de separação e consegui fazer o amor continuar presente em minha família. Eu e minha ex-esposa somos unidos, e o texto trata exatamente disso. A mensagem, que se traduz em uma manutenção da amizade, mesmo depois do fim do relacionamento, me cativou.

Corra que a minha ex-mulher vem aí com Os Divorciados

No Teatro dos Bancários (314/315 Sul, Bl. A; informações 3262-9090). Sábado, às 21h; e domingo, às 20h. Ingressos a R$ 70 (inteira) e R$ 35 (meia), à venda na bilheteria do teatro. Assinantes do Correio têm 50% de descontro. Não recomendado para menores de 14 anos.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES