Brasília-DF,
14/NOV/2018

Peça dos Irmãos Guimarães, Quadrado, critica os espaços individuais e coletivos

Inspirado no texto de Samuel Beckett, o dramaturgo irlandês tem sido tema de uma série de ações que tomam conta dos espaços culturais da cidade

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Diego Ponce de Leon Publicação:17/10/2014 06:50Atualização:17/10/2014 09:27
O movimento de cena e a iluminação são os principais componentes da peça (Diego Bresani/Divulgação)
O movimento de cena e a iluminação são os principais componentes da peça

Baseado em duas peças de Samuel Beckett escritas para a televisão, Quadrado ocupa o palco do principal teatro do CCBB para debater e criticar, entre outros, os espaços que ocupamos no decorrer da vida. Os Irmãos Guimarães, que dirigem a montagem, esclarecem: “Quadrado é uma experiência que começou a partir dos textos Quad e Nacht und träume e que se descolou deles para se tornar uma criação independente. O espetáculo fala do coletivo, do individual e das ações individuais que interferem no coletivo”.

Desde agosto, o dramaturgo irlandês tem sido tema de uma série de ações que tomam conta dos espaços culturais da cidade. Colóquios, encontros, seminários e peças integram a vasta programação idealizada e concebida pelos Irmãos Guimarães. A junção de Beckett e do coletivo brasiliense costuma render resultados intensos e arrebatadores. Quadrado não deve ser diferente.

Quadrado

De Samuel Beckett. Direção, adaptação e concepção: Irmãos Guimarães. No Teatro I do CCBB. Sexta e sábado, às 19h30. Domingo, às 18h30. Entrada franca, mediante a entrega de dois quilos de alimento não perecível, exceto sal. Os ingressos devem ser retirados uma hora antes do início do espetáculo. Não recomendado para menores de 18 anos.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES