Brasília-DF,
22/JUN/2018

Alternativa para a musculação tradicional, pole fitness usa movimentos de dança

Saiba mais sobre o esporte e onde praticá-lo na cidade

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Publicação:17/10/2014 11:25
A professora Vera Lúcia garante que é possível notar resultados em dois meses de prática
 (Facebook/Reprodução)
A professora Vera Lúcia garante que é possível notar resultados em dois meses de prática
Com cada vez mais espaço e divulgação nas academias de Brasília, o pole fitness surge como alternativa a homens e mulheres que desejam fugir da musculação tradicional. A modalidade utiliza um mastro como base para a execução dos movimentos, exigindo que o aluno desenvolva força nos braços e nas pernas, além de resistência física e de flexiblidade. De acordo com a professora Vera Lúcia, 22 anos, a prática une características da dança e explora a rapidez e a força nos movimentos.

Professora há um ano, Vera destaca o uso dos músculos na atividade. "Ganhei muita força, principalmente nos braços, mas é possível ver definição na barriga e nas pernas também", afirma. Ela conta que fez balé por 14 anos e que o pole fitness une movimentos da dança e exige mais força dos músculos superiores.

Vera afirma que, a partir de dois meses de prática, já é possível notar resultados. "Algumas pessoas que vêm para as aulas nunca fizeram nenhuma atividade física. Com um pouco mais de tempo, conseguem evoluir bastante", comenta.

Brenda Falcão, 21, procurou o pole fitness justamente para fugir da rotina da musculação. "A atividade exige muito do corpo, senti dificuldades, mas, a cada aula, evoluía mais nos exercícios, o que me motivava a continuar", conta Brenda, que perdeu medidas e ganhou força, equilíbrio e flexibilidade com uma atividade que classifica como "dinâmica" e "divertida".

"Muitas vezes, escapar do dia a dia das academias com alternativas como o pole fitness mostra-se uma solução para conseguir resultados melhores", diz. Brenda acrescenta que ainda há preconceito contra a prática: "Acredito que isso ocorre por falta de informação. Trata-se de uma atividade física que merece mais reconhecimento e divulgação."

ONDE PRATICAR

Carol Cutrim Pole Fitness

(SQSW 302, Bloco B, subsolo, Sudoeste; 9982-3004). Mensalidade de R$ 200 para aulas duas vezes por semana. No plano semestral, R$ 170.


Divas Pole Dance

(309 Norte, Bloco D, subsolo, Asa Norte; 3033-7779). Mensalidade de R$ 185 para aulas uma vez por semana.


Pole Dance Brasília

(716 Norte, Bloco B, Asa Norte; 9603-1283). Mensalidade de R$ 165 para aulas uma vez por semana.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES