Brasília-DF,
15/OUT/2018

Declame para Drummond faz homenagem aos 112 anos do poeta

Na capital, além de poesias de Drummond, versos de outros autores também são bem-vindos

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Vanessa Aquino Publicação:31/10/2014 07:20Atualização:30/10/2014 14:27

Marina Mara: ' importante é deixar poesia no meio do caminho' (Janine Moraes/CB/D.A Press)
Marina Mara: " importante é deixar poesia no meio do caminho"
Se o mundo do poeta Carlos Drummond de Andrade (1902-1987) era vasto, a amplitude do céu de Brasília é cenário perfeito para se encher de poesia. Hoje, dia em que ele faria 112 anos, a produtora cultural e poetisa Marina Mara traz para a cidade mais uma edição do projeto Declame para Drummond, que planeja soltar 180 balões brancos com poesia no céu da cidade.


O Declame para Drummond, realizado em todo o Brasil, é marcado, sobretudo, pela intervenção poética. Na capital, além de poesias de Drummond, versos de outros autores também são bem-vindos. “O importante é deixar poesia no meio do caminho”, diz, em referência a um dos mais famosos poemas de Drummond.


“Os poemas autorais de tema livre que ganharam as ruas do Brasil e algumas de Portugal e Japão serão amarrados a balões brancos”, completa.

Serviço
Dia D
Livraria Sebinho (406 Norte, Bloco C, Loja 48). Hoje, de 9h às 22h. Entrada franca. Livre para todos os públicos.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES