Brasília-DF,
22/FEV/2018

Egberto Gismonti revê obra acompanhado de orquestra de sopros curitibana

O músico é considerado um dos principais instrumentistas e compositores do país

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Gabriel de Sá Publicação:14/11/2014 07:00

Compositor tem se aproximado cada vez mais da música clássica
 (Ziga Koritnik/Divulgação)
Compositor tem se aproximado cada vez mais da música clássica

O músico fluminense Egberto Gismonti retorna a Brasília neste fim de semana. Desta vez, contudo, ele não apresentará sua obra de forma tradicional: aparecerá como solista da Orquestra à Base de Sopro de Curitiba, sob a regência do maestro e clarinetista Sergio Albach. Pianista e violonista, Egberto é considerado um dos principais instrumentistas e compositores do país. Os concertos ocorrem sábado e domingo.

A Orquestra de Curitiba, formada pro 17 instrumentistas, é uma das mais importantes da atualidade. Para reler algumas das composições de Egberto, tendo o próprio artista à frente, o grupo ensaiou bastante nos últimos meses. Eles já haviam recebido os compositores Arrigo Barnabé e Andre Mehmari em outros projetos musicais.

Criada em 1998, a Orquestra à Base de Sopro de Curitiba tem investido na busca por novas sonoridades dentro das múltiplas facetas da música brasileira. Exatamente por isso convidaram o inventivo e inquieto Egberto Gismonti para o projeto.

Egberto Gismonti e Orquestra à Base de Sopro de Curitiba

Sábado, às 20h, e domingo, às 19h, no Teatro da Caixa (SBS, Quadra 4, Lote 3/4). Ingressos a R$ 20 e R$ 10 (meia), à venda na bilheteria do local. Não recomendado para menores de 12 anos. Informações: 3206-6456.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES