Brasília-DF,
25/JUN/2018

O Rappa e americanos da SOJA mostram trabalhos mais recentes na capital

Os músicos se apresentam na primeira edição do festival Brasília Summer Reggae, no Pavilhão do Parque da Cidade

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Luciana Amaral - Especial para o Correio Publicação:12/12/2014 06:01Atualização:11/12/2014 14:14
Brasileiros d' O Rappa e americanos da SOJA mostram trabalhos mais recentes ao brasiliense
 (Objetiva/Divulgação)
Brasileiros d' O Rappa e americanos da SOJA mostram trabalhos mais recentes ao brasiliense
A banda de reggae SOJA e O Rappa desembarcam na capital para a primeira edição do festival Brasília Summer Reggae, no Pavilhão do Parque da Cidade. Além de sets de cada banda, o público poderá ser presenteado com algumas parcerias, já que os grupos devem se apresentar juntos ano que vem nos EUA.

Com 17 anos de estrada e seis discos lançados, o grupo americano Soldiers of Jah Army, mais conhecido simplesmente como SOJA, apresenta aos fãs brasileiros o álbum Amid the noise and haste, lançado em agosto deste ano e indicado ao Grammy 2015 de melhor disco de reggae. Dona de um som marcante, e, ao mesmo tempo, fresco, a banda tem sido reconhecida como uma das melhores de reggae da atualidade. Deste último trabalho, o grupo deve mostrar faixas como Your song e Once upon a time.

Já O Rappa continua com a turnê do disco Nunca tem fim, de 2013. Entre os sucessos esperados, estão Anjos (Pra quem tem fé), Rodo cotidiano e Reza vela.

Quatro perguntas à Xandão, guitarrista do O Rappa


Vocês vão tocar com o SOJA no show e já vêm fazendo diversas apresentações juntos pelo Brasil. Há quanto tempo se conhecem? O que esperar de resultado?

Começamos a fazer shows juntos há um ano e pouco e é uma relação que se estreita cada vez mais. Trocamos ideias e até tocamos juntos em algumas músicas. Fica bem interessante. Eles abrem portas para a gente nos Estados Unidos e na Europa, enquanto vamos abrindo portas para eles no Brasil. Percebemos que a música brasileira é muito bem recebida lá fora e queremos explorar melhor isso. Vamos fazer uma turnê nos Estados Unidos com o pessoal do SOJA a partir do meio do ano que vem. Temos que desmitificar que aqui é só bossa nova e samba.

Brasília é conhecida por ser uma cidade política, por ser a capital do país. Você sente alguma diferença no público quando toca na cidade?
Todo mundo fala que é a Brasília da corrupção. É triste esse estereótipo. É gente de todo o Brasil, a cultura da cidade é muito rica e tem um público mais exigente. Não acho que seja mais consciente do que de outros lugares, mas sim exigente.

Em relação aos jovens, vocês estão tendo uma renovação na base de fãs, não?
Sim, estamos passando por uma renovação forte de fãs. Agora são os pais que pedem autógrafos para os filhos. Os jovens, principalmente, estão mais engajados e atentos à política. Ao mesmo tempo, estamos vivendo os 50 anos do início da ditadura, mas muitos desses jovens não sabem o que foi isso até porque não eram nascidos naquela época. Queremos, de alguma forma, falar com eles que ela não pode ser esquecida.

O que os fãs de O Rappa podem esperar da banda para o ano que vem?

Vamos fazer um disco novo, com certeza, shows pelo país e a turnê no exterior. Além disso, vamos tocar no carnaval em Olinda, período em que normalmente tirávamos férias.

Brasília Summer Reggae

Shows com SOJA e O Rappa. Pavilhão do Parque da Cidade. Hoje, às 22h. Ingressos: R$ 50 (pista), R$ 100 (em frente ao palco) e R$ 150 (camarote open bar). Preços de meia e 1º lote. Assinantes do Correio pagam meia. Pontos de venda: Temakeria Koni, Zimbrus, Bilheteria Digital no Pátio Brasil e pelo site bilheteriadigital.com.br. Não recomendado para menores de 16 anos (pista e palco) e para menores de 18 (camarote open bar).

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES