Brasília-DF,
23/JUN/2018

Pôquer une diferentes gerações e estilos de jogadores ao redor de casas da cidade

Os participantes colecionam as fichas coloridas que ditam o rumo do jogo

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Publicação:27/02/2015 07:30
O pôquer é, muitas vezes, confundido com vício ou jogo de azar, mas é um esporte saudável para a mente
 (Monique Renne/CB/D.A Press)
O pôquer é, muitas vezes, confundido com vício ou jogo de azar, mas é um esporte saudável para a mente
Reconhecido, em 2009, pela Federação Nacional dos Esportes da Mente e, em 2012, pelo Ministério do Esporte como esporte mental, o pôquer estimula o desenvolvimento do raciocínio, o controle de emoções e promove atividades de lazer em grupo.

Raphael Lenzi, 23 anos, tomou gosto pelo esporte há 10, quando mexia no telefone celular da mãe. "O pôquer me despertou interesse justamente pela essência do jogo, por ter a autonomia de poder controlar todas as ações na partida", explica.

Empresário, Lenzi leva a atividade como lazer e conta que costuma reunir amigos para disputar as partidas. "É interessante que toda rodada se torna um novo desafio. Nunca se sabe quais serão as cartas da mesa e as que receberá, então, você busca uma forma de ir o mais longe possível e ir eliminando o resto da mesa."

O pôquer tem atraído cada vez mais atenção desde o fim dos anos de 1990 e início dos anos 2000, quando programas de televisão passaram a transmitir campeonatos. Nos últimos tempos, com a consagração de jogadores oriundos de plataformas virtuais, o esporte ganhou ainda mais popularidade. "Muita gente é cética quanto a enxergar o pôquer como um esporte, ligando-o a um vício. Para os profissionais, cada partida é um quebra-cabeça de matemática. Não enxergam as cartas como simples cartas, mas sim como probabilidades e relações com a próxima jogada", afirma Raphael Lenzi.

O empresário conta que percebeu mudanças no próprio comportamento conforme foi levando o esporte a sério. "Se jogado da forma correta, você passa a controlar melhor as emoções e pode levar isso para o dia a dia. Será que uso minhas melhores cartas agora ou seguro para ganhar mais pontos na próxima rodada? Aposto tudo ou não?. Esse controle é extremamente válido para o cotidiano", conta.

H2 Club Brasília

(706/707 Norte, Bloco D, Entrada 12; 9321-5031). Os torneios são realizados durante a semana e os preços variam conforme o campeonato.

Vegas Poker Club

(Rua 16 Norte, Lote 2, Loja 2, Águas Claras; 9645-8961). Há torneios fixos às segundas, às terças, às quartas e às sextas, com inscrições que variam de R$ 20 a R$ 100.

Strangers Poker Club

(706/707 Norte, Bloco D, Loja 6, Asa Norte; 3274-7770). O local oferece mesas e baralhos para o jogo.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES