Brasília-DF,
25/SET/2018

Dona Onete faz dupla apresentação em Brasília com o espetáculo Boleros e banguês

O show será na na Caixa Cultural, neste sábado e domingo, às 20h e 19h, respectivamente

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Maíra de Deus Brito Publicação:24/04/2015 07:23

A paraense Dona Onete canta inéditas no espetáculo Boleros e bangüês
 (Naiana Gaby/Divulgação)
A paraense Dona Onete canta inéditas no espetáculo Boleros e bangüês
Dona Onete volta a Brasília para apresentações, sábado e domingo, na Caixa Cultural. No espetáculo Boleros e banguês, a paraense canta temas inéditos que estarão no trabalho homônimo, com previsão de lançamento para o segundo semestre. As composições são inspiradas nas festas e nas músicas que a artista ouvia quando jovem e têm forte influência da musicalidade cabocla e negra.

“Tipiti, Sabor do beijo e Rio das flores são algumas das novidades”, avisa Dona Onete. “Já passei por São Paulo, Rio de Janeiro e Curitiba, e em julho, faço uma turnê pela Europa. Estou feliz em voltar a Brasília. Espero poder cantar algumas músicas com a Emília Monteiro, que mora aí. Ela é maravilhosa”, elogia. As duas dividem os vocais em Veneno de obra, uma das canções do CD Cheia de graça, de Emília.

O repertório da diva do carimbó também deve contar com algumas canções do álbum anterior, Feitiço caboclo, como Balanço crioulo, Jamburana, Moreno morenado, Boi guitarreiro e Louco desejo.

O disco de estreia foi lançado em 2012, quando ela tinha 73 anos. Com participações de Mestre Vieira, Pio Lobato, Manoel Cordeiro, Gaby Amarantos, Luê Soares e Lia Sophia, o CD tem 11 faixas, todas compostas por Dona Onete e algumas em parceira com Marco André e MG Calibre.

Saiba mais

Em meados dos anos 2000, Ionete da Silveira Gama foi descoberta pelo grupo Coletivo Rádio Cipó. Ex-professora de história e ex-secretária de cultura do município de Igarapé-Miri (PA), Dona Onete passou a fazer de shows em várias capitais brasileiras e até participou de um filme. Nas telonas, é possível ver a artista em Eu receberia as piores notícias dos seus lindos lábios, dos diretores Beto Brant e Renato Ciasca.

Boleros e banguês

Sábado, às 20h, e domingo, às 19h, show com Dona Onete e banda, na Caixa Cultural (SBS, Q. 4, Lt. 3/4; 3206-9448). Ingressos: R$ 20 e R$ 10 (meia também para doadores de 1kg de alimento não perecível). Não recomendado para menores de 12 anos.
Tags: celular

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES