Brasília-DF,
25/SET/2018

4ª edição do Festival TPM inicia neste fim de semana com dois espetáculos

A mexicana Gabriela Muñoz se apresenta pela primeira vez na cidade com a palhaça Greta em Perhaps, Perhaps... Perhaps

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Vinicius Nader Publicação:01/05/2015 08:26
Em Perhaps, Perhaps... Perhaps a atriz mexicana Gabriela Muñoz se espelha em Chaplin
 (Nossa Produção/Divulgação)
Em Perhaps, Perhaps... Perhaps a atriz mexicana Gabriela Muñoz se espelha em Chaplin
O respeitável público que está acostumado a juntar o lúdico a temáticas mais duras pode comemorar. O festival TPMs – Temporada de Palhaças no Mês da Mulher chega nesta semana à quarta edição. Geralmente realizado em março, o TPMs vem atrasado por conta de falta de apoio e de patrocínio.

“Estou fazendo esta edição na raça. Mas não tem problema. Afinal todo mês é mês da mulher e das palhaças”, afirma Manuela Castelo Branco, curadora do evento e intérprete da palhaça Matusquella.

No palco a estreia é em grande estilo. A mexicana Gabriela Muñoz se apresenta pela primeira vez na cidade em Perhaps, Perhaps... Perhaps, espetáculo no qual a palhaça Greta ensaia uma vez por semana o dia do seu casamento.

“A Gabriela é uma artista muito importante no México. A linguagem dela lembra um pouco a usada por Charles Chaplin”, define Manuela, lembrando que Gabriela dará uma oficina dentro da programação do festival.

Outra atração deste fim de semana é Brincadeiras loas e outras boas, estrelado pelas palhaças Gelatina e Geleia, da Cia local Colapso. Desta vez, o lúdico tem mais força no roteiro e entram em cena as famosas loas, canções entoadas por palhaços.

Duas perguntas Manuela Castelo Branco

O palhaço ainda está ligado, no imaginário popular, a espetáculos infantis. Como lidar com esse estigma?

É um estigma ditado pelo mercado e que está diminuindo. Costumo dizer que o palhaço cresceu ao abordar temáticas mais sérias usando poéticas diferentes. Mas sem deixar de lado a criança que existe dentro dele. Hoje abordamos temas, como a questão do feminino, de forma diferente, leve. Levamos essa linguagem para outro lugar que não o infantil. O público da terceira idade, por exemplo, se identifica bastante com nosso trabalho.

Quais são os destaques desta edição do TPMs?

Tento trazer na programação nomes que se destacam nacional e internacionalmente sem esquecer os que fazem a arte aqui na cidade, que é quase uma ação de resistência devido às dificuldades encontradas. Desta forma temos a mexicana Gabriela Muñoz e uma grande homenagem à palhaça brasiliense Canela, que já é uma mestra do brinquedo que temos em Brasília. Além disso, teremos um salão no Balaio Café (201 Norte) com gravuras e objetos de cena do universo da palhaçaria.

Perhaps, Perhaps... Perhaps

Com Gabriela Muñoz. Teatro Eva Herz (Livraria Cultura do shopping Iguatemi). Amanhã, às 20h, e domingo, às 18h. Ingressos a R$ 40 (inteira) e R$ 20 (meia). Livre para todos os públicos.

Brincadeiras loas e outras boas

Com Ana Luiza Bellacosta e Ana Flavia Garcia. Teatro Eva Herz (Livraria Cultura do shopping Iguatemi). Domingo, 15h. Entrada franca. Livre para todos os públicos.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES