Brasília-DF,
20/OUT/2018

Ondeandaaonda reúne acervo de 17 galerias no Museu Nacional da República

A exposição é uma forma de integrar os espaços destinados a expor artes plásticas de todas as linguagens

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Renata Rios Publicação:01/05/2015 08:30

Obras do Escritório de Arte fazem parte da mostra
 (Luiz Mauro/Divulgação)
Obras do Escritório de Arte fazem parte da mostra

O Museu Nacional inaugura hoje a exposição Ondeandaaonda. A mostra reúne parte do acervo de várias galerias independentes do Distrito Federal.

O curador  Wagner Barja explica que a exposição é uma forma de integrar os espaços destinados a expor artes plásticas de todas as linguagens: “A ideia é valorizar a produção artística da capital e os espaços que expõem essas obras”.

O próprio nome da exposição é uma menção ao movimento artístico que surgiu na cidade. “É um advento, uma forma de legitimar a situação artística, que torna nossa cidade um polo artístico no Brasil”, afirma Barja.

Ele ressalta a proliferação, nos últimos anos de espaços independentes que movimentam o mercado da arte brasiliense. “Existe uma demanda, grande, feita pelo público que consome essa arte. Em contrapartida, há também uma produção volumosa de material”, comenta.

No museu está exposta parte do acervo de 17 galerias independentes. “O surgimento delas reforça o crescimento desse mercado na capital”, complementa Wagner.

Ondeandaaonda

Museu Nacional do Conjunto Cultural da República (Setor Cultural Sul, Lote 2; telefone 3325-5220). De hoje a 14 de junho,
de terça a domingo, das 9h às 18h30. Entrada franca.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES