Brasília-DF,
15/OUT/2018

Artista usa o próprio corpo em pinturas e intervenções urbanas

Paul Setúbal expõe quadros nos quais fala do corpo, mas também da violência. Obras fazem parte de residência em galeria

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Nahima Maciel Publicação:05/06/2015 08:00

É o próprio corpo que o artista Paul Setúbal busca como fonte para as obras da exposição Aviso de incêndio, em cartaz no Elefante Centro Cultural. A mostra inaugurada esta semana reúne pinturas, objetos, fotografias e vídeos concebidos a partir do próprio corpo do artista.
“As coisas no meu corpo e o que resulta é o que penso como obra”, avisa. As obras são, na verdade, uma parte de um processo iniciado no mês de maio, quando Setúbal começou uma residência artística no Elefante. Até 22 de junho, ele vai habitar a galeria e realizar interferências na exposição. O artista de Goiânia vai conviver com Brasília durante esse período e levar a experiência com a cidade para as obras. “Durante a residência fiquei pensando o próprio lugar, a cidade, o cotidiano e como isso se expande”, explica. “E vou fazendo pequenas interferências com os resultados e apontamentos que estou fazendo.”

 

 As obras são modificadas durante a exposição (Arquivo Pessoal)
As obras são modificadas durante a exposição

SERVIÇO Aviso de incêndio Exposição de Paul Setúbal. Até 22 de junho, de terça a sexta, das 15h às 20h, e sábado e domingo, das 15h às 18h, no Elefante Centro Cultural (706 Norte, Bloco C, Loja 45)

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES