Brasília-DF,
23/JUN/2018

Em uma comédia reflexiva, Elisa Lucinda estreia peça Parem de falar mal da rotina

A ideia do espetáculo, que reflete facetas do cotidiano, surgiu quando Elisa participou do Festival Internacional de Teatro em Sitges na Espanha em julho de 2002.

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Vanessa Aquino Publicação:31/07/2015 06:08


Longe do modelo convencional de contar histórias, a atriz, cantora e escritora Elisa Lucinda volta a Brasília com o espetáculo Parem de falar mal da rotina. Roteirista e diretora, ela vive e transmite no palco a urgência e inquietude na busca interminável pela liberdade de se poder viver plenamente.

A ideia do espetáculo, que reflete facetas do cotidiano, surgiu quando Elisa participou do Festival Internacional de Teatro em Sitges na Espanha em julho de 2002. No primeiro formato, a atriz, entre um poema e outro, conversava e conduzia a plateia, introduzindo uma nova visão do dia a dia. “São histórias da vida. O espetáculo é uma fotografia do nosso cotidiano, então, todo mundo acaba se vendo dentro da peça. Além disso, é uma comédia reflexiva que inspira as pessoas a se apropriarem do seu lugar de sujeito na história. Há um pensamento comum que diz que a rotina é chata. Mas quem é o autor dela?”, diz Elisa.

“As pessoas apresentam muitos depoimentos e se sentem à vontade para estrear na vida, longe dos cárceres que nós mesmos nos impomos. Então, a peça faz essa viagem no presente que a gente aprisiona”, descreve a atriz, que já foi assistida por mais de 2 milhões de pessoas só com esse espetáculo.

Parem de falar mal da rotina
Teatro dos Bancários (314/315 Sul). Amanhã, às 21h; domingo, às 20h. Ingressos a R$ 70 (inteira) e 35 (meia). Informações: 3262-9090. Não recomendado para menores de 14 anos.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES