Brasília-DF,
19/NOV/2018

'Memórias do Velho Chico' chega para divertir e conscientizar a criançada

A Cia. Lábios da Lua segue em turnê por escolas e espaços alternativos de todo o DF

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Publicação:20/11/2015 07:04

O grupo apresenta detalhes sobre um dos rios mais importantes do país
 (oão Vitor Fernz/Divulgação)
O grupo apresenta detalhes sobre um dos rios mais importantes do país
 

Um dos rios mais importantes do país, o São Francisco é também um dos protagonistas de Memórias do Velho Chico, espetáculo que estreia neste fim de semana no Teatro Cia. Lábios da Lua e depois segue em turnê por escolas e espaços alternativos de todo o DF.


A história da peça, contada por bonecos, mescla meio ambiente, sincretismo religioso, histórias e lendas. As crianças terão acesso a temas como a questão fundiária indígena.


A ideia surgiu a partir de uma viagem do idealizador do projeto, Josias Wanzeller, da Cia. Mamulengo Alegria, ao Nordeste. Ele ficou encantado com o que viu à beira do São Francisco — da natureza às histórias dos ribeirinhos.
Daí para os palcos foi um ano de pesquisa, captação de recursos, confecção de bonecos e autoria do texto. Josias contou com a parceria do diretor Marco Augusto, da Cia. Voar, e do bonequeiro Jorge Crespo para dar vida a Memórias do Velho Chico.

Trilha sonora
A história de Memórias do Velho Chico é permeada por músicas que fizeram sucesso na MPB na obra de compositores como Elomar. Além disso, os efeitos sonoros inéditos são executados ao vivo por Robson Siqueira (voz e violão) e Leonardo Siqueira (percussão).

SERVIÇO
Memórias do Velho Chico
Teatro Cia. Lábios da Lua (Setor Sul, Q.4, lt. 16, Gama). Amanhã e domingo, às 17h. Entrada franca. Classificação indicativa livre.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES