Brasília-DF,
23/SET/2018

Tomate se apresenta em Brasília com novo álbum

O cantor promete canções antigas, além das músicas do novo disco

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Adriana Izel Publicação:04/12/2015 06:07Atualização:03/12/2015 16:42
Tomate animará a tarde de amanhã no Aloha Day Club (Marcus Pessoa/Divulgação)
Tomate animará a tarde de amanhã no Aloha Day Club
 
O cantor tomate está de volta a Brasília. O artista chega à cidade após o lançamento do álbum Folkado, que mostra um lado mais intimista e acústico da carreira. “Sou sempre muito bem recebido em Brasília. A turma é animada e sempre retribui com muito carinho e alegria”, lembra.
 
A apresentação será amanhã, a partir das 16h, no Aloha Day Club, na Orla da Concha Acústica. Além das faixas do novo CD, o artista tocará grandes hits da carreira como Te espero no farol, A gente se vê depois da chuva e E agora?.
 
A expectativa é de que o cantor apresente  também o sucesso Docinho de amor. “No meu show sempre trago canções de todos os meus álbuns. Sei que, de alguma forma, alguma delas marcou alguém em um determinado momento, então tem as agitadas e as românticas também. Essa mistura é massa”, diz Tomate.
 
O baiano começou a carreira como vocalista da banda Rapazzola, na qual permaneceu por sete anos. O grande hit da banda foi a faixa Coração. Em 2008, saiu em carreira solo.

SERVIÇO

Tomate

Aloha Day Club (SHTN, Tc. 1 – Orla da Concha Acústica). Amanhã, às 16h, com show de Tomate. Ingressos a R$ 60 (mulheres) e R$ 80 (homens). Valores de meia-entrada. Pontos de venda: Setemares (Conjunto Nacional, Taguatinga Shopping, Alameda Shopping, Sobradinho Shopping, Taguatinga Centro, JK Shopping, Conic) e Bilheteria Digital (Pátio Brasil, Liberty Mall, Alameda Shopping) e no site www.bilheteriadigital.com.br. Não recomendado para menores de 16 anos.

Duas perguntas
 
Tomate

Neste período, os artistas do axé já começam a preparar as canções que serão a aposta do carnaval. Você tem uma música especial?
Não tenho muito isso, de rotular uma música para um momento. Vou lançando e deixo o povo decidir, Docinho de amor é, sim, uma canção para frente e pode ser para o carnaval de 2016, mais tenho a Bote fé que também já lancei e quem sabe não vira a música que marcará a folia.

O seu mais recente trabalho, Folkado, mostra um outro lado seu como artista. A intenção era demonstrar uma parte mais intimista da sua carreira?
Sou romântico, sempre tenho algo a dizer nas minhas canções, ainda que sejam agitadas, e nunca deixei de cantar as mais lentinhas, que tocam lá no fundo mesmo. O Folkado veio para mostrar que tudo pode acontecer: posso ser um puxador de trio, mas posso ser também o seu cantor mais intimista.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES