Brasília-DF,
15/OUT/2018

Outros ares: Cachoeiras são uma opção de lazer neste fim de ano

Nas proximidades do DF, são muitas as quedas d'água naturais para se refrescar antes da virada do ano

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Morena Mascarenhas - Especial para o Correio Publicação:25/12/2015 06:01Atualização:23/12/2015 16:32
Início de ano batendo à porta. Muita gente aproveita para renovar as energias. As cachoeiras são um bom lugar para se fazer isso. Confira uma lista de alguns locais incríveis e não muito longe de casa para você aproveitar!

Saia Velha
A cachoeira de Saia Velha fica dentro do parque privado Águas Correntes. No espaço, além da cachoeira de água limpas, há corredeiras e outras quedas d’água. O complexo conta também com piscinas de águas naturais,  toboáguas, restaurantes e churrasqueiras. O parque fica a 30km do Aeroporto de Brasília, na DF 495, no sentindo de Valparaíso. Entrada: R$ 30 durante a semana e R$ 35 no fim de semana. Informações: (61) 3627-0064.

Indaiá
Também conhecida e muito frequentada pelo moradores da região de Formosa e cidades próximas, a cachoeira do Indaiá conta com dezenas de quedas. A maior, com 30m, é  uma boa pedida para praticantes de rapel. O complexo cercado de mata densa e de muito pássaros oferece  diferentes opções de trilhas, desde as mais curtas  e  acessíveis a caminhadas de até duas horas, na qual pode-se alcançar o topo da cachoeira do Itiquira. A entrada da Fazenda Indaiá fica próxima à rodovia GO-118, no sentido de São Gabriel (GO). Entrada: R$ 15. Informações: 3503.5049.
 
Cachoeira do Itiquira (Secretaria de Turismo de Formosa/Divulgação)
Cachoeira do Itiquira
 

Itiquira
Talvez umas das mais conhecida da capital, a cachoeira fica no Parque Municipal do Itiquira, na cidade de Formosa (GO), a pouco mais de 100km de Brasília. A principal queda d’água, com cerca de 168m, impressiona.  Apesar da imponência e do alto volume de água,  é possível nadar tranquilamente nas piscinas naturais formadas ao redor da cascata e no curso do rio. As trilhas de acesso são largas e sinalizadas, perfeito para crianças e idosos. O parque também tem área de camping, restaurante e lanchonete. A entrada fica localizada na rodovia GO 440, KM 32. Entrada: visitantes R$ 10 e  moradores de Formosa R$ 3. Informações: 3981-1234.

Mumunhas
O paraíso ecológico em Brazlândia, a 60km do centro da capital, conta com um exuberante  complexo de 15 cachoeiras de águas cristalinas em meio ao cerrado. O espaço fica dentro da Área de Preservação Ambiental de Cafuringa, que garante a proteção da mata e fauna nativa.  Para visitas, é necessário agendamento com os proprietários da fazenda Paraíso da Terra, que faz o único acesso  ao complexo. Informações: 9966-5532. Pacotes variam entre R$ 40 e R$ 85.

Chapada Imperial
A apenas 50km do centro da capital, no sentido Lago Oeste, a Chapada Imperial é mais um paraíso escondido. Reserva ecológica desde 1986, abriga diferentes cachoeiras e nascentes límpidas. É a maior área de mata particular  preservada dentro do Distrito Federal e morada  de animais em extinção como lobo-guará, onça, tamanduá-bandeira e tatu-canastra. A biodiversidade da flora local também é surpreendente. Informações: 9965-2461 e 9961-9068. Pacotes variam entre R$ 50 e R$ 100.
 
Cachoeira do Tororó (Marcelo Ferreira/CB/D.A Press)
Cachoeira do Tororó


Tororó
A cachoeira do Tororó é antiga conhecida dos brasilienses. O fácil acesso e a proximidade  são alguns dos motivos que a faz uma das queridinhas. Além da piscina natural embaixo da cachoeira, o local oferece boas condições para praticantes de rapel, que aproveitam a queda d’água de 18m. Do estacionamento até a cachoeira, são quase dois quilômetros, mas a trilha não impõe grandes dificuldades. O Tororó  fica a 35km de Brasília seguindo pela DF- 140. Entrada franca.

Córrego do Urubu
A pequena cachoeira do córrego Uruaçu, hoje mais conhecido como córrego do Urubu, é uma das mais próximas do Plano Piloto, localizada entre o Varjão e o Lago Norte. O córrego Urubu nasce no alto do Colorado e desce por poucos quilômetros até cair no Lago Paranoá, formando poços e corredeiras. Entrada franca.

Poço Azul
A cachoeira de águas azuladas fica a aproximadamente 60km de Brasília, no sentido Lago Oeste. Além da maior queda d’água, que tem aproximadamente 7m, o local  conta com outras cascatas menores, corredeiras e uma pequena caverna dentro do poço. As formações rochosas no topo da cachoeira criam uma espécie de trampolim que convida os mais corajosos a saltarem. Entrada franca.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES