Brasília-DF,
21/JUL/2018

Retrospectivas de Iberê Camargo e Fábio Baroli chegam ao fim no CCBB nesta segunda-feira

É o último fim de semana para conferir as obras do pintor gaúcho e do mestre do realismo lado a lado em uma exposição que reúne pinturas, gravuras, desenhos e leituras pessoais

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Nahima Maciel Publicação:08/01/2016 06:15Atualização:08/01/2016 10:16
Fabio Baroli, com a exposição Deitei para repousar e ele mexeu comigo no CCBB até segunda-feira (11) (Ana Rayssa/Esp.CB/D.A.Press)
Fabio Baroli, com a exposição Deitei para repousar e ele mexeu comigo no CCBB até segunda-feira (11)

Este fim de semana é o último para conferir as mostras Iberê Camargo: um trágico nos trópicos e Deitei para repousar e ele mexeu comigo, de Fábio Baroli.

A retrospectiva de Iberê Camargo é a maior já feita sobre o pintor gaúcho e trouxe a Brasília as principais obras do artista. O curador Luiz Camillo Osório reuniu pinturas, desenhos e gravuras. No total, 134 obras ficam expostas até segunda no CCBB.

Nas pinturas de Fábio Baroli, um realismo iluminado convida o visitante a passear pelo que o pintor chama de "antropologia do matuto". Baroli estudou na Universidade de Brasília (UnB) e morou no Rio de Janeiro, mas nasceu em Uberlândia (MG) e para lá voltou, há alguns anos, com a intenção de pintar o cotidiano do interior.

Deitei para repousar e ele mexeu comigo é uma leitura pessoal e repleta de memórias para um dia a dia muito marcado pela simplicidade e pelas relações.

SERVIÇO

Iberê Camargo: um trágico nos trópicos
Visitação até segunda, das 9h às 21h, no CCBB (SCES, Tc. 2)

Deitei para repousar e ele mexeu comigo
Exposição de Fábio Baroli. Visitação até segunda, das 9h às 21h, no CCBB (SCES, Tc. 2)

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES