Brasília-DF,
21/JUN/2018

Alfinete Galeria recebe exposições de Virgílio Neto e Elisa Luna del Valle

Virgílio criou um conjunto de desenhos que se equilibram entre o abstrato e o figurativo, já Elisa apresenta uma séria de sobreposições em paisagens abstratas

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Publicação:19/02/2016 06:04

Virgílio Neto leva a poesia de João Cabral de Melo Neto para as artes plásticas (Reprodução )
Virgílio Neto leva a poesia de João Cabral de Melo Neto para as artes plásticas
 

O universo fragmentado de Virgílio Neto cedeu lugar a uma série de desenhos mais compactos na exposição Educação pela pedra, em cartaz na Alfinete Galeria. A partir de uma pesquisa com a geometria da estampa de tecidos e inspirado pelo poema homônimo de João Cabral de Melo Neto, o artista criou um conjunto de desenhos que se equilibram entre o abstrato e o figurativo. A massa riscada a lápis mescla a dureza da pedra e a maleabilidade do tecido.

“Eles têm uma unidade, são centralizados, normalmente meu trabalho é muito fragmentado e esse vai para outro lado”, avisa o artista. Ainda na Alfinete, a argentina Elisa Luna mostra na série Interferências imagens nascidas de sobreposições que desenham paisagens bastante abstratas. (N.M.)

SERVIÇO

Educação pela pedra

De Virgílio Neto.

Interferências

De Elisa Luna del Valle

Visitação até 12 de março, de quarta a sábado, das 15h às 19h30, na Alfinete
Galeria (103 Norte, Bl. B lj. 66).



COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES