Brasília-DF,
10/DEZ/2018

Nando Reis sobe ao palco na capital com show de voz e violão

O repertório do show inclui clássicos do cantor como All star, Por onde andei e Relicário

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Irlam Rocha Lima Publicação:04/03/2016 06:40
O cantor diz que nas apresentações com voz e violão é mais fácil improvisar (Bruno Trindade/Divulgação)
O cantor diz que nas apresentações com voz e violão é mais fácil improvisar

O brasiliense acostumou-se a assistir a shows de Nando Reis sempre acompanhado pela banda Os Infernais. Em seu retorno à cidade, para apresentação no Auditório Master do Centro de Convenções Ulysses Guimarães, amanhã, às 22h, o Ruivão estará sozinho no palco.

 

Em 13 de novembro do ano passado, Nando gravou o CD ao vivo No Recreio, no Citibank Hall, em São Paulo. O álbum, produzido pelo próprio cantor e mixado em Seatle (EUA) por Jack Andino — que já trabalhou com Nirvana, Mudhoney e Soundgarden — foi lançado em plataformas digitais e também em lojas do país.

 

Logo na sequência, Nando botou o pé na estrada com o show intimista de voz e violão, no qual passeia por repertório que inclui hits como All star, Por onde andei e Relicário. A elas se juntam canções do compositor gravadas por outros intérpretes, como Coisas tão mais lindas (Cássia Eller), Diariamente (Marisa Monte) e Sutilmente (Skank), além de Os cegos do castelo, de época dos Titãs.

 

 

Três perguntas

Nando Reis

 

Qual é a diferença entre fazer um show voz e violão e um com Os Infernais?

São completamente diferentes. Amo os dois. Cada um tem seu barato. A maior diferença é eu estar sozinho e isso muda completamente meu estado de espírito, a forma como eu lido com a plateia, com o roteiro, com o formato das músicas. Voz e violão tem mais margem para improvisação.

 

Por que você optou por criar o roteiro de No recreio praticamente só com hits de sua carreira?

O roteiro do show tinha muitas outras músicas. No CD há uma dosagem entre hits, faixas nunca gravadas e outras que não tocava há muito tempo. Devo lançar um disco de inéditas em setembro, não tinha sentido incluí-las nesse disco.

 

Em Brasília você costuma homenagear Cássia Eller em suas apresentações. Num show solo há espaço para o tributo?

Cássia é homenageada em todos os shows que faço, implícita ou explicitamente. Independentemente de onde eu estiver tocando.

 

 

SERVIÇO

No Recreio

Show de voz e violão, de Nando Reis amanhã, às 22h, no Auditório Master do Centro de Convenções Ulysses Guimarães (Eixo Monumental). Ingressos: R$ 50 (poltrona superior), R$ 80 (poltrona especial),

R$ 150 (poltrona vip). Assinantes do Correio têm desconto de 50% na compra de quatro ingressos inteiros, mediante a apresentação do cartão do Clube do Assinante. Valores referentes a meia- entrada e sujeitos a alteração sem aviso prévio. Pontos de venda: G2 do Brasília Shopping e Fnac. Não recomendado para menores de 14 anos. 

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES