Brasília-DF,
20/AGO/2018

Espetáculo 'E foram, quase felizes para sempre' leva humor e fama para o Teatro dos Bancários

A comédia traz Heloísa Perissé no primeiro monólogo da carreira

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Publicação:08/04/2016 07:01
Heloísa Perissé atua e escreve o monólogo (Deca Produções/Divulgação)
Heloísa Perissé atua e escreve o monólogo
E foram, quase felizes para sempre tem gostinho de estreia para a experiente atriz Heloisa Perissé. Esta é a primeira vez que ela se aventura em um monólogo.  Além disso, ela escreve o texto da peça.

E foram, quase felizes para sempre
se passa na noite de autógrafos da escritora Letícia Amado, que viajou um ano e meio atrás dos melhores resorts, praias e hotéis, para escrever um livro com dicas para as pessoas viajarem com seus amores. Mas algo muda no dia do lançamento e a história mostra as reviravoltas que a vida a dois pode trazer.

No palco, histórias que podem gerar identificação em várias mulheres, homens e casais. Os assuntos são permeados por humor, tornando o texto mais prazeroso para o público. “No início, achava que era para as mulheres depois vi que não. Todos se identificam. Os homens adoram. Fico até espantada com o retorno masculino”, conta a atriz.

Perissé revela que é muito diferente encenar uma peça em que é atriz e autora, já que existe a responsabilidade de interpretar o texto na íntegra, sem querer estar sempre modificando. Ainda assim, a artista lembra que existe também o lado mais fácil e conta que sente, durante as apresentações, o que já não serve mais para o contexto da peça. “Mas isso raramente acontece, porque é uma história atemporal. O amor prevalece sempre e não envelhece”, filosofa.

No processo criativo, a atriz conta que trabalha de maneira rápida e que a peça foi escrita nos bastidores da novela Avenida Brasil, enquanto esperava para gravar e ouvia as amigas de elenco contarem suas histórias. “Usei um pouco sobre meu relacionamento, histórias de amigas e relacionamentos que escuto, um pouco de tudo que vivenciei”, conta.

SERVIÇO


E foram, quase felizes para sempre

Teatro dos Bancários (314/315 Sul). Amanhã, às 21h; domingo, às 20h. Ingressos: R$ 100 (inteira) e R$ 50 (meia). Assinantes do Correio pagam meia. Informações: 35229521/ 32629090. Não recomendado para menores de 14 anos.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES