Brasília-DF,
11/DEZ/2018

Apresentações reúnem textos de Plínio Marcos no Teatro da Caixa

Oes textos Navalha na carne; Querô, uma reportagem maldita; e Quando as máquinas param fazem parte da seleção

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Isabella de Andrade - Especial para o Correio - Publicação:13/05/2016 06:03

'Querô' é um dos textos apresentados na montagem da Cia. Sutil Ato (Layza Vasconcelos/Divulgação)
'Querô' é um dos textos apresentados na montagem da Cia. Sutil Ato
 

Dividida em dois atos, que serão apresentados em horários diferentes no mesmo dia, Autópsia reúne cinco textos emblemáticos de Plínio Marcos, um dos maiores e mais importantes nomes da dramaturgia nacional. Amanhã, o filho de Plínio, Kiko Barros, participará de um bate-papo sobre a obra do autor.


A montagem recria o universo marginal esmiuçado por Plínio Marcos. No primeiro ato estão os textos Navalha na carne; Querô, uma reportagem maldita; e Quando as máquinas param. Dois perdidos numa noite suja e Abajur lilás encerram a maratona, no segundo ato.


A música, executada ao vivo, e a cenografia, feita a partir de resíduos domésticos e urbanos, auxiliam no diálogo com temáticas atuais e aspectos de centros urbanos e suas problemáticas. Os temas incluem prostituição, morte e abuso e o título do espetáculo indica o desejo do diretor em dissecar os aspectos mais viscerais e brutais do comportamento humano, dentro da obra de Plínio.


O ator Pedro Ribeiro participa do espetáculo, que teve seu início há quase 6 anos e conta que falar sobre as temáticas abordadas por Plínio Marcos é sempre muito tocante. “A cada temporada nos sentimos mais autopsiados. Fomos para Goiânia e Campo Grande e a troca com o público desses lugares foi incrível: muitos depoimentos emocionados e de pura inquietação. Depois desta temporada no Teatro da Caixa vamos para CCBB de Belo Horizonte”, comemora.

Serviço

 

Autópsia
Teatro da Caixa (SBS Q. 4 lts. 3/4)

Hoje e amanhã, às 19h e às 21h30. Domingo, às 18h e às 20h30. Ingressos a R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia). Assinantes do Correio pagam meia. Não recomendado para menores de 18 anos.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES