Brasília-DF,
21/JUL/2018

Festa Errejota estreia na capital com paredão da Furacão 2000

Jonathan Costa muito funk junto dos DJs João Brasil, Marcson Muller, Chicco Aquino e New Chicks on The Block

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Adriana Izel Publicação:17/06/2016 06:14Atualização:16/06/2016 18:35

	Cantor e empresário Jonathan Costa (Duh Marinho/Divulgação )
Cantor e empresário Jonathan Costa


Depois de passar pelo Espírito Santo e por Santa Catarina, a festa Errejota chega ao Distrito Federal. O evento de estreia será amanhã, às 23h, na área externa do Ifly (ScesTc. 2). A primeira edição contará com o paredão da Furacão 2000, sob comando de Jonathan Costa, e com os DJs João Brasil, Marcson Muller, Chicco Aquino e New Chicks on The Block nas picapes.


Pela segunda vez em Brasília neste ano, a Furacão 2000 traz o paredão de som que ficou famoso no fim dos anos 1990. “É um paredão de som que embala levando o verdadeiro funk do Rio de Janeiro. O repertório musical e animar a galera ficam por minha conta. A gente traz o clássico do funk, aquela batida do tamborzão, todas as músicas que ficaram famosas na Furacão, e também as atuais”, explica Jonathan Costa, um dos sócios da Furacão 2000, que antes era mais conhecido como Jonathan da Nova Geração. A marca foi responsável por levar ao estrelato nomes como Valesca Popozuda, Naldo, Anitta e Os Hawaianos.


Além disso, a noite conta com o residente, o DJ Marcson Muller, que esteve recentemente na cidade na estreia da festa Tardezinha, e João Brasil, além dos DJs já conhecidos na cena brasiliense Chicco Aquino e New Chicks On The Block. Os ingressos custam R$ 80. Valor de meia-entrada, unissex e segundo lote. Sujeito a alteração. Pontos de venda: lojas Koni, Zimbrus e Bilheteria Digital. Não recomendado para menores de 18 anos.

 

Duas perguntas Jonathan Costa

Você se tornou conhecido primeiramente como cantor. Hoje não exerce mais a profissão?


Eu comecei a cantar aos 7 anos, quando fiz o meu primeiro sucess,o que era uma versão de uma canção famosa da Furacão 2000. Na época, eu tive que parar de cantar por conta da letra da música. Depois eu retomei como cantor para mostrar uma posição no Rio de Janeiro, cantei em alguns DVDs da Furacão. Mas nunca voltei efetivamente a ser cantor.

O que você faz hoje?


Com 18 anos comecei a administrar a Furacão 2000 ao lado do meu pai (Rômulo Costa). A gente trabalha muito com festa. O foco principal é a Furacão 2000, que é um selo muito forte e que por onde passa todo mundo conhece. Eu rodo o Brasil com duas festas e também voltei a fazer som como DJ e produtor musical, o que tem sido bem legal.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES