Brasília-DF,
26/MAR/2017

Projeto Dulcina vive traz de volta aos palcos 'Rivotrio e a saga da vida sem bula'

A peça já ganhou o prêmio Myriam Muniz 2013 de circulação nacional

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Isabella de Andrade - Especial para o Correio - Publicação:22/07/2016 06:16

A versatilidade do brincante anima Rivotrio e a saga da vida sem bula (Iran Lima/Divulgação)
A versatilidade do brincante anima Rivotrio e a saga da vida sem bula
 

Espetáculo vencedor do prêmio Myriam Muniz 2013 de circulação nacional, Rivotrio e a saga da vida sem bula retorna aos palcos da capital como parte do projeto Dulcina Vive, que pretende revitalizar o espaço teatral da faculdade. A diretora Ana Flavia Garcia conta que a montagem nasceu do desejo de colocar em cena parte do repertório poético e musical do compositor brasiliense Alessandro Lustosa.

As inspirações foram os saraus poéticos, os movimentos literários e culturais alternativos, os zines, além de referências como o movimento beatnik, o rock de Brasília e a própria cidade.

“Além de o formato do espetáculo ser modular, o que permite alterações de números ou cenas sem prejuízo para a dramaturgia, os atores são na sua maioria palhaços, o que oferece ao público a versatilidade do brincante, sempre preparado para lidar com improvisos e com interferências externas diversas”, conta a diretora.

SERVIÇO

Rivotrio e a saga da vida sem bula
Sala Conchita de Moraes da Faculdade de Artes Dulcina de Moraes (Conic). Amanhã e domingo, às 20h. Ingressos a R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia). Não recomendado para menores de 16 anos.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES