Brasília-DF,
19/DEZ/2018

Poetas do Samba fazem festa no Clube Assefe neste sábado

A edição comemorativa de um ano contará com participação de Renata Jambeiro

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Adriana Izel Publicação:05/08/2016 07:00Atualização:05/08/2016 15:04

 (Reprodução/Facebook)

Há um ano o projeto Poetas do Samba foi criado com o objetivo de valorizar a velha guarda do estilo em Brasília e também o clássico repertório do gênero. Formado pelos músicos Apolinário, Bicalho, Paullo Galvão, Luiz Jambeiro, Marco Abdo, Gilberto Grillo, Sarinha, Cássia Portugal, Rosemaria Alvez, Maurílo Gomes e Manoel Abreu, o grupo celebra em edição amanhã um ano da criação do projeto, no Clube Assefe.

 

Para isso, uma atração especial foi convidada para participar da roda de samba: a brasiliense Renata Jambeiro, que agora mora no Rio de Janeiro. A artista chega a Brasília após participação no Prêmio da Música e indicação ao Prêmio Grão de Música pelo disco Fogaréu (2015).

 

“Será um dia de muitas comemorações. É o primeiro show que vou fazer depois do Prêmio da Música. É um ano do projeto Poetas do Samba. Minha participação terá uma pitada de Fogaréu e o repertório mais antigo que valoriza a ancestralidade, que é característica do projeto”, explica a cantora ao Correio.

 

Serviço

Poetas do Samba

Clube Assefe (SCES, Tc. 1, Cj. 1, Lt. 7; 3443-8996). Amanhã, às 16h. Com Renata Jambeiro e Poetas do Samba. Entrada a R$ 15. Valor de meia-entrada e antecipado. Não recomendado para menores de 18 anos.

 

 

Duas perguntas // Renata Jambeiro

 

Como será sua participação na roda de samba?

Vou fazer parte da roda com todos eles, mas além do repertório clássico vou tocar canções do disco Fogaréu para botar a galera para dançar. 

 

Fogaréu está tendo um bom reconhecimento. Que balanço você faz deste momento da sua carreira?

Estou no caminho certo. Claro que não é um trabalho só meu. Não sou mágica, estou rodeada de pessoas que me acompanham nesse processo todo e me ajudam a fazer boas escolhas. Uma delas é o Nicolas Krassik (marido) e o Leandro Fregonesi, que produziram o disco. Fogaréu está alçando alguns voos e Brasília me deu esse aprendizado para que eu possa estar onde estou hoje.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES