Brasília-DF,
14/DEZ/2018

Calçadas brasilienses viram tema de exposição no Museu Nacional da República

Desenhos da artistas Regina Pessoa mostram a afetividade que a cearense tem por Brasília

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Nahima Maciel Publicação:05/08/2016 07:02Atualização:04/08/2016 17:05
A artista reparou nas calçadas brasilienses (João Vital/Divulgação)
A artista reparou nas calçadas brasilienses
 
Regina Pessoa chegou a Brasília aos 4 anos. Veio com os pais, pioneiros que deixaram o sertão cearense de Icó para se instalar no Núcleo Bandeirante. E se apegou à capital.
 
A sensação de acolhimento que sente na cidade levou a artista a se apropriar do espaço urbano para a construção de trabalhos como Calçadas. Em cartaz no Museu da República e com curadoria de Ralph Gehre e Renato Lins, a exposição reúne uma coleção de desenhos em frottage colhidos nas texturas das calçadas brasilienses nas quais a artista enxergou um certo valor afetivo.
 
Assim, entraram para a coleção de memórias desenhadas o chão dos arredores do museu, mas também das escolas Parque 308 Sul e Classe, nas quais Regina estudou, e da Praça das Fontes, no Parque da Cidade. “Quando vi essas texturas, fiquei apaixonada”, conta, ao se lembrar do momento em que reparou, pela primeira vez, o chão da calçada entre o Museu Nacional e o Congresso.
 
“E me deu o desejo de captar. Depois vi que a calçada não era trafegável, e essa é uma condição de Brasília, com suas ruas largas e calçadas estreitas”, relata a artista.

SERVIÇO

Calçadas
Exposição de Regina Pessoa. Curadoria: Ralph Gehre e Renato Lins. Visitação até 28 de agosto, de terça a domingo, das 9h às 18h30, na Galeria Térrea do Museu da República.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES