Brasília-DF,
25/FEV/2018

Samuel Rosa e Lô Borges fazem show juntos no Net Live

O repertório terá sucesso do Skank e do Clube da Esquina. Confira a entrevista com os cantores.

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Irlam Rocha Lima Publicação:02/09/2016 06:22

Samuel Rosa e Lô Borges celebram 16 anos de parceria (Perfexx/Divulgacao
)
Samuel Rosa e Lô Borges celebram 16 anos de parceria

 

Embora fossem músicos destacados e moradores da mesma cidade, Belo Horizonte, Lô Borges e Samuel Rosa só foram apresentados em 2000. A afinidade artística entre eles, porém, aflorou de imediato e logo o vocalista e guitarrista do Skank e o sócio do Clube da Esquina passaram a tocar juntos e fizeram um primeiro show na capital mineira. Outras apresentações dos dois ocorreriam, inclusive em Brasília, na extinta Academia de Tênis.

O tempo passou e eles continuaram, esporadicamente, desenvolvendo a parceria — inclusive compondo juntos. No segundo semestre do ano passado, Lô e Samuel decidiram registrar o encontro de 16 anos em CD e DVD. No primeiro semestre, deram início a uma série de shows que já passou por Rio de Janeiro, Belo Horizonte e São Paulo.


Hoje, às 21h, eles chegam à cidade com a turnê do Samuel Rosa & Lô Borges — Ao vivo no Cine Teatro Brasil e se apresentam às 21h30, no Net Live. No show, acompanhados por banda, os cantores passeiam por músicas de sucesso do Skank, como Te ver, Três lados e Balada do amor inabalável; e do Clube da Esquina, entre as quais O trem azul, Paisagem na janela, Para Lennon e McCartney e Um girassol da cor do seu cabelo, além das parcerias entre Lô e Samuel: Dois rios, Dupla chama e Horizonte vertical.

Duas Perguntas Lô Borges
Quando você passou a se interessar pelo trabalho do Skank?
A partir do CD Calango, de 1994. Ele me chamou a atenção a música Te ver, de Samuel Rosa, e Chico Amaral, que gravei no disco Meu filme, lançado dois anos depois.

O que destaca na parceria com o Samuel Rosa?
O que é mais legal é transitar entre diferentes gerações. No Clube da Esquina, ainda adolescente me tornei parceiro do Bituca (Milton Nascimento). Agora estou ao lado do Samuel. Mais novo do que eu, num projeto paralelo para ambos.

Duas Perguntas Samuel Rosa
Qual sua relação com o Clube da Esquina?
Fui apresentado a esse movimento pelo meu pai. Intuitivamente fui influenciado pela turma do Milton Nascimento. As músicas que eles compuseram são muito relevantes, como é o caso de Equatorial e Tudo o que você podia ser.

Como avalia esse projeto que realiza com o Lô Borges?
É o oposto que faço no Skank, que tem uma carreira de êxitos, uma agenda de muitos compromissos e que zelou pela longevidade. Esse projeto com o Lô é fácil em tudo. Me passa a sensação de saudável frescor, que busco para sobreviver.


Serviço
Samuel Rosa e Lô Borges
Show hoje, às 21h30, no Net Live (Setor de Hotéis e Turismo Norte). Ingressos: R$ 60 (pista), R$ 600 (mesa ouro — para quatro lugares), R$ 400 (mesa prata — para quatro lugares), R$ 200 (camarote) e R$ 2.000 (lounge de quatro a oito pessoas) — valores referentes a meia entrada. Ponto de venda: Central de ingressos do Brasília Shopping e na bilheteria do Net Live. Não recomendado para menores de 16 anos.

 

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES