Brasília-DF,
20/AGO/2018

Cena Contemporânea chega ao final, veja o que o festival reservou para a despedida

Companhias brasilienses e estrangeiras estrelam

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Publicação:02/09/2016 07:00Atualização:01/09/2016 18:19
A companhia Titzina apresenta espetáculo espanhol no Teatro Sesc Garagem  (Companhia Titzina/ Divulgação )
A companhia Titzina apresenta espetáculo espanhol no Teatro Sesc Garagem
 
 
A 17ª edição do Cena Contemporânea continua a todo vapor. Neste fim de semana sobem ao palco oito produções internacionais, criações nacionais e oito trabalhos do Distrito Federal. No domingo, o festival de teatro se encerrará com o espetáculo polonês The string of the body. Confira a programação para o último fim de semana!

Segura, mamãe!
O espetáculo brasiliense da companhia Cia da sorte mostra de forma interativa a trapalhada 
trajetória para montar o próprio negócio de Dona Lelê e o palhaço Trevolino mesclando equilibrismo, malabarismo e mágica. Hoje, às 16h, na Praça da Avenida Central — Varjão. Entrada Franca. Classificação Indicativa livre. Domingo, às 10h, na Praça da Bíblia — Cidade Estrutural. Entrada Franca. Classificação Indicativa livre.

Ex-que revienten los actores
A companhia uruguaia Complot, detentora de um currículo com mais de 25 espetáculos, exibe a montagem que questiona aspectos da ditadura a partir de um enredo que intercala cenas do passado e do presente desvendando informações sobre os personagens e as histórias que os unem. Hoje, às 19h, no Teatro da Caixa. Ingressos: R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia). Não recomendado para menores de 12 anos.

O filho
Inspirada na carta do escritor tcheco Franz Kafka, a encenação do Teatro da vertigem revela a relação conflituosa de um menino simples e ingênuo que encontra seu pai e acaba se submetendo a um mundo violento com uma atmosfera que extrapola a opressão do lar e investiga a essência e o sentido humano. De hoje a domingo, às 20h; amanhã e domingo, também às 17h, no Galpão Marc System —Taguatinga. Ingressos: R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia). Não recomendado para menores de 18 anos.

Fio a fio
A dança-teatro discute envelhecimento e a perda de capacidade física em um enredo que analisa a velhice, o período da vida que o ser humano mais detém sabedoria e experiência, entretanto, é oprimido pelo acúmulo dos anos sobre o corpo. Hoje, às 20h, no Teatro SESC Paulo Autran – Taguatinga. Entrada Franca. Classificação indicativa livre.

O equilibrista
Espetáculo brasiliense da Cia Yinspiração poéticas contemporâneas com direção de Luciana Martuchelli. A peça traz reflexões sob a perspectiva de várias histórias, como um ator que se lembra das origens e motivações a partir de um incêndio; um anjo descontente que observa a humanidade e outros. Hoje, às 20h, no Teatro SESC Newton Rossi — Ceilândia. Entrada Franca. Não recomendado para menores de 12 anos.

Para Mahal
Inspirado na obra de Hilda Hilst, Tu não te moves de ti, o espetáculo mostra três novelas independentes. A história do empresário bem-sucedido Tadeu da Razão e os questionamentos sobre a existência e a vida de aparências; a repentina mudança na rotina plena de Maria Matamoros com a chegada de um homem-anjo que desperta sentimentos de ciúme e posse; e as múltiplas dimensões das relações de Sr. Axelrod Silva com dogmas e o divino. Hoje, às 23h, no Flutuante Laguna. Ingressos: R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia). Não recomendado para menores de 16 anos.

Um caminho para Sara
Premiado no projeto Seleção Brasil em cena, o musical infanto-juvenil escrito por Thales Paradela narra a aventura de Sara ao fugir de casa rumo a uma floresta e os encontro inesperado com outros personagens no caminho. Amanhã e domingo, às 16h, no Teatro SESC Paulo Autran – Taguatinga. Entrada franca. Classificação Indicativa livre.

Noite
Criado a partir do estímulo ao improviso, o espetáculo português do grupo Circolando traz expressão corporal e música com um trio de homens dançando ao som de uma composição manipulada ao vivo por um DJ. Amanhã e domingo, às 19h, no Teatro Funarte Plínio Marcos. Ingressos: R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia). Não recomendado para menores de 18 anos.

Ladrão de mim
De direção e atuação da brasiliense Lucianna Mauren, a peça solo composta por vídeo-instalações remete a um ambiente doméstico para narrar experiências afetivas de uma mulher e refletir a fragilidade da existência humana. Amanhã, às 20h, no Espaço Imaginário Cultural – Samambaia. Entrada Franca. Não recomendado para menores de 16 anos.

Looping Bahia overdub
Uma criação colaborativa de Felipe de Assis, Leonardo França e Rita Aquino ambientada nas festas de largo de Salvador que faz um estudo do tempo a partir do conceito de looping com os movimentos de tensão e as distensões da cultura. Amanhã, às 20h, e domingo, às 19h, no Teatro SESC Newton Rossi —Ceilândia (Foyer). Entrada franca. Não recomendado para menores de 16 anos.

Distancia siete minutos
O espetáculo espanhol da companhia Titzina discute justiça, felicidade e destino em diálogos de Felix com o seu pai criados a partir da convivência familiar resultante de uma tragédia com a sua casa. Amanhã e domingo, às 21h, no Teatro Sesc Garagem. Ingressos: R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia). Não recomendado para menores de 14 anos.

O imortal: um ensaio
O ensaio teatral é uma homenagem ao autor argentino Jorge Luis Borges e apresenta o processo de criação de um monólogo que estreará em 2017 que pode ser visto e interpretado de diversas formas, desde uma simples leitura até uma complexa provocação filosófica. Amanhã e domingo, às 21h, na Galeria Athos Bulcão. Ingressos: R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia). Não recomendado para menores de 12 anos.
 
The string of the body
Uma demonstração de trabalho resultante de mais de 15 anos de estudo que mostra como os pesquisadores buscam compreender a partir da ginástica, esporte, artes marciais, dança, teatro, terapia corporal e outros, o que é essencial para a atuação de um performer. Domingo, às 20h, no Teatro Goldoni. Ingressos: R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia). Não recomendado para menores de 14 anos.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES