Brasília-DF,
15/AGO/2018

Peça encena amor proibido entre dois soldados

'Enquanto todos dormem' traz à tona preconceito, intolerância e diversidade

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Diego Ponce de Leon Publicação:09/09/2016 07:00
 (Marcus Valderato/Divulgação)
 
Thiago Cazado é um dos mais producentes artistas do teatro brasiliense. Correndo por fora e constantemente recorrendo a recursos próprios para ver os projetos no palco, ele chega ao 10º texto da carreira. Talvez, o melhor deles. Enquanto todos dormem traz a história da relação, então proibida, entre dois soldados na década de 1930.

Enquanto Thiago encara uma figura mais liberal, Renan Mendes vive o tipo angustiado, incapaz de se enxergar e repleto de culpa e mágoa por conta da orientação sexual. No convívio com o outro soldado, nasce um respeito por si próprio, uma autoaceitação, além de um sentimento irresistível pelo militar que o acompanha por todas as noites e dias.
 
Um enredo engatilhado para trazer à tona debates sobre preconceito, intolerância e diversidade. Depois de temporadas concorridas em Salvador, Fortaleza, São Paulo, Curitiba e Belo Horizonte, o espetáculo retorna a Brasília, onde Thiago produz feito um louco desde que se assumiu artista. Enquanto todos dormem, Thiago corre atrás do próximo projeto. E merece nossa atenção.

SERVIÇO
Enquanto todos dormem 
Direção e texto de Thiago Cazado. Com Renan Mendes e Thiago Cazado. No Teatro da Escola Parque 308 Sul. Hoje e amanhã, às 21h. Domingo, às 19h. Ingressos: R$ 25 (meia). Não recomendado para menores de 16 anos.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES