Brasília-DF,
15/JUL/2018

Peça 'A chegada de Lampião no inferno' estreia em Brasília

Baseado no cangaceiro Lampião, peça mistura cultura nordestina com comédia dantesca no Teatro da Caixa

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Rebeca Oliveira Publicação:11/11/2016 06:25
A história do cangaceiro mais famoso do país é contada no espetáculo ( Angelo Duarte/Divulgação)
A história do cangaceiro mais famoso do país é contada no espetáculo
Um dos cordéis mais representativos da literatura popular brasileira, A chegada de Lampião no inferno ganha versão para o teatro em bonito trabalho da companhia carioca Pequod. A peça se concentra na narrativa fantasiosa criada na década de 1970. Conta a estória do dia em que o cangaceiro Virgulinho Pereira da Silva, vulgo Lampião, põe fogo e foge do inferno depois de assassinar o próprio Lúcifer, numa miscelânia das olarias de Caruaru, em Pernambuco, com a Divina Comédia, do italiano Dante Alighieri.
 
Em cena, as indefectíveis cores do Nordeste brasileiro se encontram a toques da cosmopolita região Sudeste, onde a companhia foi fundada. A fusão deu tão certo que o espetáculo foi indicado ao Prêmio Shell de Teatro (o maior reconhecimento do setor) como melhor cenografia e iluminação. A chegada de Lampião no inferno tem dois momentos distintos: uma primeira parte apenas com bonecos, e a segunda, quando eles interagem com atores.
 
Um motivo extra para assistir a apresentação é a participação de Othon Bastos, que gravou passagens de voz para a peça, com trilha musicada por André Abujamra, cantor e multi-instrumentista filho do diretor Antônio Abujamra. Afim de dar contornos expressivos a peça, antes da estreia a equipe viajou até Caruaru para conhecer a estética dos bonecos do artesão Vitalino Pereira dos Santos, mais conhecido como o Mestre Vitalino, morto em 1963.


SERVIÇO
A chegada de Lampião no inferno
Com a Cia. Pequod – Teatro de Animação. Hoje e amanhã, às 20h; e domingo, às 19h, no Teatro da Caixa Cultural Brasília (SBS, Qd. 4, lts. ¾). Ingressos a R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia). Não recomendado para menores
de 16 anos.




COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES