Brasília-DF,
18/AGO/2017

Paulo Andrade reitera relação afetiva com Brasília na exposição 'Desenhos'

A mostra reúne trabalhos do artista feitos nos últimos 20 anos com lápis, pena e pincel

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Rebeca Oliveira Publicação:30/12/2016 06:35Atualização:29/12/2016 15:26
Vinte anos da produção de Paulo Andrade são reunidos em 'Desenhos'
 (Divulgação / Museu Nacional)
Vinte anos da produção de Paulo Andrade são reunidos em 'Desenhos'

Radicado em Brasília desde a década de 1970, o mineiro Paulo Andrade ocupa o Museu Nacional com 64 obras sobre papeis variados em Desenhos. Organizados de maneira individual, em números de até 7 desenhos e em trípticos (conjunto de três pinturas unidas por uma moldura tríplice), a mostra abrange mais de 20 anos de produção do artista, entre os anos de 1984 e 2016. A maior parte, nunca vista pelo público.
 
“Paulinho é o tipo de artista em que a gente se reconhece nas obras. Ele respira a cidade. Ele não se desapegou de Brasília mesmo na época em que estava morando nos EUA. A mostra representa os personagens do Beirute, por exemplo”, conta Wagner Barja, diretor do Museu Nacional, que assina os textos da exposição. Para os traços que flertam com o expressionismo, Paulo Andrade se utiliza de técnicas mistas, marcadas pelo uso de lápis, pena ou pincel.
 
“A exposição deveria se chamar reencontro, porque ele se reencontra com os amigos. É um trabalho despretensioso, mas tecnicamente maravilhoso”, defende Barja.

SERVIÇO
Desenhos
Exposição individual de Paulo Andrade. De hoje a domingo, das 9h às 18h30, no Museu Nacional da República (Setor Cultural Sul, Lt. 2, próximo à Rodoviária do Plano Piloto, Zona 0; 3325-5220 e 3325-6410). Até 29 de janeiro de 2017. Entrada franca. Livre para todas as idades.

APROVEITE!
No período de férias, cai bem aproveitar o tempo livre para valorizar “pratas da casa”. Também no Museu, outra mostra que revela o panorama da produção de Brasília é a Ondeandaaonda. Com o mesmo horário de visitação de Desenhos, apresenta cartografia das artes plásticas do Distrito Federal, com aproximadamente 300 obras de artistas locais. Até 26 de fevereiro 2017.



COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES