Brasília-DF,
28/MAR/2017

Patubatê retorna aos palcos para show na Caixa Cultural Brasília

O tradicional grupo de percussão brasiliense chega com o espetáculo Ruído sonoro, cheio de cor, brilho e movimento

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Isabella de Andrade - Especial para o Correio - Publicação:06/01/2017 06:58Atualização:05/01/2017 16:16

Fred Magalhães:
Fred Magalhães: "É um enorme prazer mostrar para Brasília, a nossa cidade, o que o Patubatê tem mostrado para o mundo durante esses últimos anos"


Patubatê volta aos palcos de sua cidade natal trazendo o espetáculo Ruído sonoro. A criação é a mais recente do grupo que completa 17 anos de história e música na estrada, totalizando mais de 15 países e 320 cidades brasileiras visitadas.


Fazem parte do show os integrantes Fred Magalhães, Felipe Fiúza, Rodolfo Muñoz e os DJs Raffa e Leandronik, que levam ao público uma diversificada performance musical, feita com instrumentos criados pelos próprios artistas, principalmente com materiais recicláveis.

 

Em sua mais recente turnê nacional, por cinco capitais, o Patubatê tocou em conjunto com a Camerata Bachiana, sob o comando do maestro do João Carlos Martins. Essa junção de ritmos e cores pode ser vista pelo público brasiliense entre os dias 6 e 8 de janeiro.


O instrumentista Fred Magalhães conta que as músicas do grupo são criadas em cima de ritmos brasileiros, além da exploração de uma sonoridade eletrônica. O show Ruído sonoro foi criado para que o público tenha sensações diversas, sendo surpreendido a todo momento com experiências visuais e sonoras.


“Exploramos diversos tipos de material: eletrocalhas, chapas de alumínio, molas de carro, laterais de carro, rodas, tonéis de ferro e de plástico, bolas de basquete, raladores, escapamentos e tudo que traz ao ouvido e aos olhos uma experiência de ruído sonoro”. Neste show, participarão, além dos músicos do grupo, alunos da oficina e do bloco eletrônico do Patubatê.

 

Performances


Para o público que conhece o trabalho dos brasilienses, vale lembrar que serão apresentadas músicas inéditas, sendo que grande parte delas será tocada pela primeira vez na capital. “Queremos mostrar a Brasília as nossas novas criações e como o grupo tem amadurecido as suas performances com as atuais experiências vividas”, conta Fred.


O artista destaca que o Patubatê viajou para mais de 330 cidades em 2016, tocando em cima de um caminhão e em palcos das capitais; além disso, o grupo participou das rotas da Tocha Olímpica e Paralímpica no Brasil. “Fomos recebidos com muito carinho pela população brasileira, que vibrou com a nossa passagem”.


O Ruído sonoro é um dentre os vários projetos realizados atualmente pelo grupo, que continua com seu projeto de circulação. A ideia é alcançar cada vez mais pessoas e um público diverso com a cultura criada em Brasília, mostrando a força artística da capital. Entre os próximos planos estão a realização do Bloco eletrônico para o pré-carnaval, carnaval e pós-carnaval, além da participação em diversos bloquinhos da folia brasiliense.

O grupo


Criado em julho de 1999, o Patubatê é conhecido no Brasil e no mundo por fazer seus instrumentos com latas, tonéis, baldes, panelas e peças de automóveis. A mistura de ritmos passa pelo maracatu, samba, funk, afro, baião, carimbó e ciranda; sempre tocados com muita percussão. O grupo já tocou em todos os estados brasileiros e em vários países como Estados Unidos, Portugal, Espanha, Polônia e China, além de no continente africano e no Caribe, com apresentações pela turnê do seu primeiro DVD: Ruído sonoro. O DVD foi todo produzido no Estádio Nacional Mané Garrincha.

SERVIÇO

Ruído sonoro
Com Patubatê, hoje, amanhã e domingo, na Caixa Cultural Brasília — Teatro da Caixa (SBS Q. 4 Lotes ¾); sexta e sábado às 20h e domingo às 19h. Os ingressos custam R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia-entrada). A bilheteria está aberta de terça a sexta, das 13h às 21h, e sábado, das 9h às 21h. O espetáculo dura 75 minutos e a classificação indicativa é livre.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES