Brasília-DF,
21/OUT/2017

Artistas mulheres têm a natureza como tema em comum em exposição

Cada artista aborda a natureza segundo sua percepção e reflexão sobre o ser humano

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Nahima Maciel Publicação:10/02/2017 06:02Atualização:10/02/2017 10:20

A artista plástica Alice Lara retrata os acidentes que os animais sofrem ao se chocarem com automóveis (Aline Spezia/Divulgação)
A artista plástica Alice Lara retrata os acidentes que os animais sofrem ao se chocarem com automóveis

Alice Lara, Carolina Vechio, Raquel Nava e Clarice Gonçalves transitam pelo mesmo universo. Embora tratem de questões e temáticas diferentes, as artistas estão sempre rodeando a natureza em pinturas e objetos nos quais as condições humana, animal e vegetal aparecem ao lado de reflexões existenciais.

 

Por isso faz sentido reunir as quatro em Vicejar, exposição em cartaz a partir de amanhã na Referência Galeria. “Todas nós temos essa coisa com a natureza”, aponta Alice, que apresenta duas pinturas nascidas da observação de imagens de acidentes com caminhões de carga animal.

 

Os trabalhos fazem parte da série Finestra, na qual a artista reflete sobre o lugar dos bichos na sociedade contemporânea. “O universo animal tem uma ordem própria, mas quando ele se encontra com o universo humano, vira um caos”, lamenta a artista. “As pinturas são inspiradas nesses acidentes e em como ninguém, ali no momento, se preocupa com o animal.”

 

O estranhamento é uma das sensações provocadas pelas pinturas de Raquel Nava, que incorpora aos trabalhos elementos animais como pelos e secreções. Mais idílicos são os jardins de Carolina Vecchio, que passou a pintar as flores depois de reparar no canto de um pássaro raro.

 

Algumas das obras mostradas amanhã já estiveram na exposição Anima mundi, em 2015, e fazem parte do acervo da Referência, mas a artista acrescentou um trabalho inédito realizado no ano passado. “Comecei por causa daquele pássaro, mas depois passei a prestar mais atenção no que tem no meu jardim”, conta Carolina. “E as plantas passaram a fazer parte quase que da família. É um tema rico, porque dentro do estudo de cor, um jardim é uma coisa muito rica.”

 

A natureza é importante para Clarice Gonçalves e é dentre galhos e árvores que emerge uma figura vestida de branco em uma tela de 1,80X1,20m, única obra inédita entre as quatro apresentadas pela artista. “Para mim, pintar esse quadro foi quase uma catarse deste momento político, deste contexto dessa massa tão diversa e divergente que estamos vivendo”, diz Clarice. “Gosto muito dessa temática da mulher nesse ambiente natural e as outras obras também têm essa carga da angústia de existir mulher nesse contexto social.”

 

SERVIÇO

Vicejar

Referência Galeria de Arte (205 Norte Bl.A sl. 9).

Abertura amanhã, às 17h.

Visita guiada com as artistas às 18h. Visitação até 11 de março, de segunda a sexta, das 12h às 19h.

 

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES