Brasília-DF,
28/MAI/2017

Espetáculo propõe desconstruir estereótipos através do cabelo crespo

Sutilmente as atrizes mostram o racismo inerente de cada um e propõem um momento de reflexão

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Publicação:17/02/2017 06:06

O espetáculo utiliza o humor como forma de reflexão
 (Tatiana Reis/Divulgacao)
O espetáculo utiliza o humor como forma de reflexão

O final de semana promete muito empoderamento no teatro. O espetáculo 'Pentes', com direção e texto do Grupo Embaraça, retorna ao palco com as três primeiras apresentações do ano. A proposta da peça, composta apenas por mulheres negras, é desconstruir estereótipos ao mostrar a realidade multifacetada do racismo.

“A gente criou esse espetáculo para colocar em cena a identidade da mulher negra através do cabelo crespo. Usamos como referência as nossas biografias e memórias e contamos o caminho da mulher negra no processo de afirmação”, declara a atriz Tuanny Araújo.

A cada nova montagem da peça, que teve retorno positivo nas mais de 15 apresentações feitas, há acréscimos no roteiro, baseados em acontecimentos mais recentes. “No espetáculo, a gente usa muito o humor para compor as cenas. O público vai entrando nas histórias, se coloca em um lugar de reflexão e, depois, acaba percebendo que aquilo que ele está rindo, que naturalmente as pessoas acham engraçado, é muito ofensivo. E as pessoas negras se sentem muito representadas no palco. Você se ver em cena é um fator muito empoderador”, conta.

 

SERVIÇO

'Pentes' 

Caixa Cultural (SBS, Q. 4, Lt. 3/4; 3206-9448) Hoje e amanhã, às 20h, e domingo, 

às 19h. Entrada a R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia-entrada). Não recomendado para menores de 12 anos.

 

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES