Brasília-DF,
19/FEV/2018

Silvie Eidam pesquisa o papel do homem na sociedade moderna em 'Masculinidades'

A exposição fica no Elefante Centro Cultural, até 21 de abril

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Nahima Maciel Publicação:03/03/2017 06:05
Silvie Eidam partiu de um documentário sobre drag kings para compor 'Masculinidades' (Tiago de Aragão/CB/D.A Press)
Silvie Eidam partiu de um documentário sobre drag kings para compor 'Masculinidades'
Foi depois de assistir a um documentário sobre drag kings (mulheres que se vestem de homens, como no inverso das drag queens) que a artista alemã Silvie Eidam se sentiu instigada a pesquisar as questões de gênero referentes ao papel do homem na sociedade. Ela passou a se questionar sobre a perspectiva masculina presente no fato de que há muito mais representações de corpos femininos na história da arte do que masculinos.
 
“Há uma inversão do objeto sujeito, o sujeito está no objeto”, explica Silvie. Partindo do pressuposto de que nada pode ser representado sem influência do representador, o objeto carrega um pouco do sujeito que o representou. “Os corpos femininos mostrados nas artes por pintores homens falam também sobre o sujeito e sua masculinidade”, afirma.
 
Assim nasceu a série Masculinidades, que a artista apresenta a partir de amanhã, no Elefante Centro Cultural, ao lado de outra série intitulada Coreografias. As 12 pinturas de Masculinidades foram realizadas a partir de fotos de amigos, todos homens, publicadas no perfil do Facebook. “Queria essas fotos porque eles escolheram e elas são as que mais os representam na sociedade”, explica.
 
Em Coreografias, a artista retrata corpos que dançam. “Porque na dança o corpo consegue se livrar dos papéis sociais”, diz. Refletir sobre os gêneros e seus papéis na sociedade é um dos objetivos do trabalho, especialmente no que diz respeito ao papel masculino que, assim como o feminino, também foi moldado e construído de maneira rígida.

SERVIÇO
Masculinidades
Exposição de Silvie Eidam. Curador: Manuel Neves. Abertura amanhã, às 18h, no Elefante Centro Cultural (706 Norte, entre os blocos B/C, Lj. 45). Visitação até 21 de abril, de segunda a sábado, das 14h às 18h30.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES