Brasília-DF,
19/AGO/2017

Espetáculo discute a força da amizade e da lealdade

Na peça 'E o vento vai levando tudo embora' dois amigos se apaixonam pela mesma mulher

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Vinicius Nader Publicação:05/05/2017 06:02Atualização:04/05/2017 19:04

Trio de jovens atores sobe ao palco para encenar drama que fala para todas as idades (Objetiva/Divulgação)
Trio de jovens atores sobe ao palco para encenar drama que fala para todas as idades

Os versos da música Vento no litoral, de Renato Russo, dão título ao espetáculo E o vento vai levando tudo embora, que tem texto e direção de Regiana Antonini. A peça chega à segunda montagem, agora com Juliano Laham, Gabriel Chadan e Josie Pêssoa no elenco.

 

O valor da amizade é o principal mote para E o vento vai levando tudo embora. Os dois protagonistas, Gabriel e Pedro, são amigos de infância que se separaram por 10 anos, período no qual Gabriel morou em Nova York. No reencontro, eles se descobrem apaixonados pela mesma mulher, Bia.

 

“As relações pessoais e valores como amizade e lealdade são discutidos na peça. O texto tem momentos de drama e de comédia e fala sobre um período de passagem. O público mais jovem vai se identificar com a temática, e o mais velho vai relembrar do que já viveu”, afirma Gabriel Chadan, que vive Pedro.

 

Apesar da forte relação com Renato Russo, Gabriel ressalta que E o vento vai levando tudo embora não é um musical. “O personagem do Juliano Laham é um guitarrista, algumas músicas de Renato Russo estão na trilha, que tem um papel importante no espetáculo, mas não é um musical”, afirma o ator, que mantém a banda de hip-hop Fulanos e Ciclanos, na qual canta, compõe e produz. “Renato Russo é uma referência para mim como poeta e compositor. É daquelas músicas que têm momento certo para ouvir”, diz Gabriel, que faz sucesso no YouTube com o clipe da faixa Vamos voar.

 

Serviço:

E o vento vai levando tudo embora

Teatro da Caesb (Av. Sibipuruna, Águas Claras). Amanhã, às 21h, e domingo, às 20h. Ingressos a R$ 70 (inteira) e R$ 35 (meia-entrada). Informações: 98459-2312. Não recomendado para menores de 14 anos.


Ídolo

E o vento vai levando tudo embora não é a primeira peça em que a autora Regiana Antonini mergulha no universo de Renato Russo. Em 1995, ela entrou em cartaz com Aonde está você agora?, que foi vista pelo líder da Legião Urbana. No camarim, o cantor elogiou a montagem e deixou Regiana emocionada. 

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES