Brasília-DF,
22/FEV/2018

De Makossa a Rick & Rangel, confira as opções do fim de semana

A festa Makossa terá edição especial na Galeria do Estados e a dupla Rick & Rangel faz o lançamento do mais novo DVD

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Adriana Izel Publicação:17/11/2017 06:02Atualização:16/11/2017 18:08
DJ Tamy é uma das que animam o fim de semana da capital (Simone Fran/Divulgacao)
DJ Tamy é uma das que animam o fim de semana da capital

 
Baile black

No mês da consciência negra, a festa Makossa ganhará uma edição especial, que será realizada neste sábado (18/11), às 23h, no Espaço Floresta (Galeria dos Estados). Como forma de celebrar o período, o baile terá uma identidade visual com Adinkras, símbolos utilizados pelos povos akan espalhados pelos países da África do Oeste, como Gana, Costa do Marfim e Togo, para representar ideias e provérbios.
 
O som da festa, como de costume, será embalado pela black music nos sets dos oito DJs convidados que se revezam nas pistas Soul Makossa e Boom Bap. A primeira contará com a presença dos DJs Jamaika, A, Chokolaty e Tamy. Já a segunda, terá os DJ LM, Kazuza, Sapo e Donna.
 
O grande destaque da noite é a DJ Tamy, que vem do Rio de Janeiro para participar do baile brasiliense. A carioca começou a discotecar aos 18 anos após anos de estudo na música. “Minha mãe queria que eu fosse musicista. Eu entrava e saía dos cursos. Mas com 18 anos eu fiz um curso de discotecagem e me inseri na Cufa (a organização Central Única das Favelas) tocando nos eventos de basquete e nos bailes de Madureira”, lembra.
 
Atualmente Tamy é um das DJs na luta pelo espaço das mulheres nas picapes e no hip-hop. Há quatro anos ela começou oficinas de discotecagem para mulheres. “O objetivo é difundir as minas dentro da cena DJ, em que há um número muito pequeno de mulheres. Estou incentivando essas meninas lutando por espaço e igualdade”, conta. No fim de novembro, Tamy ministrará mais uma oficina no centro do Rio de Janeiro.
 
Completam a noite os grupos de dança convidados Ceilansoul, Pegada Black (Charme), Natural Rockers, DF Zulu, Street Jam. Além disso, a Makossa será palco da final do Circuito Makossa de Dança de Rua 2017. Os ingressos custam R$ 45 (primeiro lote e meia). À venda no site www.mobprodutora.com.br. Não recomendado para menores de 18 anos. 

Duas perguntas // DJ Tamy

Como é a sua relação com a Makossa?
 
Eu comecei a ir a Brasília a convite da DJ Donna para o Festival Satélite 061. Lá conheci os meninos da produção e houve um convite para estar na festa por ser um baile black e por eu ser uma DJ dessa vertente no Rio de Janeiro. Fiquei muito feliz, porque de todas as festas que eu já passei em nível Brasil, a Makossa é uma das mais importantes e ela me lembra muito essa interação de bailes blacks do Rio de Janeiro.

Estamos no mês da consciência negra. Para você, qual é a importância desse tipo de debate em novembro?
 
Acredito que é bem importante, porque a gente sabe a luta do povo preto. Um povo que sofreu e, mesmo hoje não sendo mais escravizado, continua sofrendo e sendo cobrado. Então, esse mês reflete muito a nossa consciência, o que a gente pensa e o quer que mude no país. É importante que a sociedade entenda nossa cultura, o que a gente sofreu e as sequelas que vivemos até hoje.
 
Para todos os gostos

O fim de semana será agitado no Outro Calaf (SBS, Qd. 2, Bl. Q). Nesta sexta-feria (17/11), a partir das 22h, o local recebe a festa Sarra 1000grau dedicada ao funk. O som será comandado por MC Maha, Dudu Troca Tapa, Itin do Brasil, Patrícia Gontijo e Athena. Ingressos a R$ 10 (até as 22h30), R$ 15 (até as 23h30), com nome na lista; e R$ 20 (até a 0h30) e R$ 30 (após), sem nome na lista. Valores de meia-entrada. Não recomendado para menores de 18 anos. Já neste sábado (18/11), a partir das 14h, tem show dos grupos Bom Partinho cantando o repertório de Martinho da Vila e Sou 90, que se dedica ao repertório dos anos 1990. Entrada a R$ 10 (até as 15h), R$ 15 (até as 18h) e R$ 20 (após). Valores de meia-entrada. Não recomendado para menores de 18 anos.

Samba rock brasiliense

O projeto Social Samba Rock comanda mais uma noite no galpão da Criolina (SOFS, Qd. 1, Cj. B, Lt. 6). O grupo, que é composto por Yvert Evina (vocais), Luizinho Alves (percussão), Edinho Silva (percussão), Márcio Nascimento (baixo), Bruno Vidal (bateria), Renato Bracale (guitarra), apresenta um repertório variado com foco no samba-rock. A apresentação será neste sábado, a partir das 20h, e contará com a participação especial de Célia Porto. Ingressos a R$ 20 (primeiro lote e meia). À venda no site www.sympla.com.br. Não recomendado para menores de 18 anos.

Se joga!

O Espaço Cultural Ubuntu (Qd. 101, AE 1, Lt. 18, Lj. 4), localizado no Recanto das Emas, promove nesta sexta-feira (17/11), a partir das 21h, o projeto Se toca. A proposta, que é uma parceria com a Frenetikus Produções, tem como objetivo apoiar a cena independente, experimental e underground do Distrito Federal, reunindo artistas e bandas locais. O projeto deve ocorrer a cada duas semanas. Nesta edição, os convidados são Olhos de Psiquê, Haynna e os Verdes e LUD. Entrada franca. Não recomendado para menores de 18 anos.

Noite de lançamento

A dupla Rick & Rangel fará neste sábado (18/11) o show de lançamento do mais novo DVD, o álbum Infinity. Gravado em maio deste ano na Prainha do Clube de Engenharia, o material contou com participação especial de grandes nomes da música sertaneja, como Gusttavo Lima (Será que cê deixa) e Maiara & Maraísa (Dedinho podre), e marca a fase dos artistas de alcançar destaque no âmbito nacional. Para divulgar o DVD, os brasilienses se apresentam na boate Bamboa Brasil (SHIP), que abre as portas às 22h. A noite terá ainda Wagner Simão e DJ Gusttavo Carvalho. Ingressos a R$ 30 (frente palco) e R$ 50 (camarote). Valores de meia-entrada. À venda no site www.bilheteriadigital.com. Não recomendado para menores de 18 anos.

Outros agitos

Neste sábado (18/11), às 22h, o Sub Dulcina (Conic) recebe a Festona da Porra, uma parceria entre Catupasloka e Drops 00’s. Rock, pop, indie e funk estarão nos sets de Athena, Menino Elefante, Carol Stérica e Andie, Rangel e Bisca. Entrada a R$ 10 (até as 22h30), R$ 15 (até as 23h), R$ 20 (até a 0h) e R$ 30 (após). Valores de meia-entrada. Não recomendado para menores de 18 anos.
 
Também neste sábado (18/11), às 22h, tem mais uma edição da festa Cause Org, no Clube do TCU (SCES, Tc. 2). A discotecagem ficará por conta dos DJs Komka, Paulo Henrique AKA PH, Phyl R e Marcelo Vidal. Entrada a R$ 20 (segundo lote) e R$ 30 (no dia do evento). Valores de meia-entrada. Não recomendado para menores de 18 anos.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES