Brasília-DF,
21/JUN/2018

Confira os eventos que prometem agitar o fim de semana dos brasilienses

Destaque fica por conta das casas noturnas Drops e Capital Club que passam a unir forças

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Correio Braziliense Publicação:08/06/2018 06:04Atualização:07/06/2018 17:53
 Drops Club  (Bruno Cavalcanti/Shake It)
Drops Club
 

De cara nova! 


As casas noturnas Drops e Capital Club passam a unir forças a partir desta semana, no Setor de Oficinas Sul (Qd. 7, Cj. B, Lt. 2). O objetivo é utilizar o mesmo espaço para diferentes propostas musicais. “As casas funcionarão de maneira autônoma. Dos selos realizados ao staff”, explica Andréa Araújo, uma das idealizadoras e responsável pela Drops Club.

Às sextas, a casa fica por conta da programação da Capital Club, que terá programação mais voltada para o cenário eletrônico. Já aos sábados, será a vez de a programação da Drops Club  —  que vai do pop ao funk, do indie rock à música carnavalesca —  comandar o espaço. “Queremos consolidar a cena alternativa da cidade dando espaço para novos produtores, DJs, bandas, artistas performáticos e drags”, adianta Andréa.

Como a grande novidade do projeto é a inserção da Drops Club, a casa será inaugurada sábado (9/6), a partir das 22h, com presença dos DJs Bisca, Franklin (Drops 00’s), Caribé (Sarrada), Danillo Costa (The Flamingos/Indiecente), Carol Sterica (Porry), Victor Eloi (Wow), Hiago Lins (Factory) e Medro (Tuthakasmona/Baile Dionisíaco).

Os ingressos custam R$ 15 (até as 22h30 e limitado aos 100 primeiros), R$ 20 (até as 23h30), R$ 30 (até a 0h30) e R$ 40 (após). Valores de meia-entrada. Não recomendado para menores de 18 anos. (Adriana Izel)

Duas perguntas // Andréa Araújo

Como será a proposta do local?
A Drops vem com uma pegada própria e foi pensada de uma forma que será possível retirar 90% da decoração para os dias de Capital Club. Só se pode viver a Drops em dia de Drops. A casa ganhou três espaços especiais com grafite do Yong, neons do artista Diogo Ferreira, máquina de chiclete, fliperama, grua de ursinho, quadros, LED, lambes, espelhos na pista e uma nova climatização. É uma casa com identidade inspirada na cultura pop e na arte urbana. Espero que público se divirta das mais várias formas: com a música, jogando no fliperama ou conversando em uma das áreas criadas para interações confortáveis.

O que pode adiantar sobre a inauguração?
Uma das ideias da Drops é unir a cena em um espaço alternativo sem rótulos musicais ou sexuais, com drinques criados pela chef de bar Malu Moura (que também assina no Mimo Bar) e espaços com vida própria.

Talento brasiliense 


Em maio, a banda brasiliense O Tarot lançou o disco A ilha de vidro. Como forma de celebrar e divulgar o trabalho, o grupo se apresenta neste sábado (9/6), a partir das 21h, no Clube do Choro (Eixo Monumental). O show de lançamento é um retorno da banda ao local, que já recebeu apresentações do grupo. “É um lugar muito importante na nossa trajetória. Eles nos convidaram em fevereiro do ano passado para um show perto do lançamento do EP Zero. Acabou que foi uma experiência superlegal, então representa algo muito importante na nossa carreira e será o primeiro show de lançamento desse disco”, conta Caio Chaim. Na apresentação, O Tarot fará um show em formato big band com as músicas do CD, composto por 12 faixas. “Dentro desse disco exploramos diversos outros instrumentos e também usamos uma orquestra, que chamamos de Orquestra Fantasma”, completa. Entrada a R$ 15 (meia). Não recomendado para menores de 14 anos. (AI)

Noite sertaneja


Os sertanejos César Menotti & Fabiano são a atração deste sábado (9/6), a partir das 22h, na Bamboa Brasil (SHIP). Os cantores chegam à cidade com repertório formado pelos principais hits da carreira, como Ciumenta e Como um anjo, e pelas músicas dos discos Não importa o lugar e Memórias II (Ao vivo), ambos lançados no ano passado. A noite contará ainda com show da dupla Barão & Mauá e discotecagem do DJ Gusttavo Carvalho nos intervalos. Entrada a R$ 50 (frente palco) e R$ 70 (camarote). Valores de meia-entrada e sujeitos à alteração. Não recomendado para menores de 18 anos.

Atração internacional 


A segunda semana do Beco Elétrico, na Quadra 4 do Setor Comercial Sul (BECO da Casa de Cultura da América Latina — CAL), será comandada pelo coletivo Confronto Sound System. O projeto, conhecido por valorizar a cultura do sound system e da ocupação urbana na capital federal, ficará à frente de duas edições. A primeira será neste sábado (9/6), a partir das 22h, e terá a DJ nova-iorquina Jubilee (foto) como a grande atração. A norte-americana é uma das principais artistas do selo Mixpak e faz sets que vão do dancehall ao Miami Bass. Completam a noite o próprio Confronto Sound System e o projeto Rassan (Nice & Deadly). A entrada é franca. Não recomendado para menores de 18 anos.

Funk da diretoria 


MC Sapão está de volta a Brasília para comandar o Baile da Pink, a partir das 23h, na Pink Elephant (SCES, Tc. 2). No evento, o funkeiro apresentará os hits da carreira, como Vou desafiar você, Tô tranquilão, Diretoria e Perde a linha. Sucessos do cenário do funk nacional também estão confirmados na apresentação. Entrada a R$ 50 (mulheres) e R$ 70 (homens). Valores de meia-entrada, primeiro lote e sujeitos a alteração. Não recomendado para menores de 18 anos.

Outros agitos 


Em clima antecipado de Copa do Mundo, a cantora Dhi Ribeiro comanda no sábado, a partir das 12h, a Feijuka do Primeiro, no Primeiro Cozinha de Bar (SIG, Qd. 2). Entrada a R$ 12 (couvert artístico) e R$ 32 (feijoada começando às 12h). Não recomendado para menores 
de 18 anos.

Sábado tem a festa Esqueminha — Esquenta das férias, às 16h, no Outro Calaf (SBS, Qd. 2). O evento também entra na atmosfera da Copa do Mundo com pagode, samba, sertanejo, hip-hop e funk no som do grupo Di Propósito e dos DJs Thiago May, Hugo Drop e Daniel Futuro. Entrada a R$ 10 (até as 17h),  R$ 20 (até as 19h) e R$ 30 (após), com nome na lista. Sem nome na lista: R$ 20 (até as 17h) e R$ 30 (após). Não recomendado para menores de 18 anos.

O Baile do Amor terá uma nova edição neste sábado, a partir das 22h, no Canteiro Central (SCS, Qd. 3). A discotecagem fica por conta dos DJs Pequi e Emídio. A mestre de cerimônia é Larissa Hollywood. Ingressos a R$ 20 (3º lote e meia). Não recomendado para menores de 18 anos.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES