Brasília-DF,
23/SET/2018

Espetáculos de dança 'Garrafa enforcada' e 'Zhu' estreiam na Caixa

A premiada cia Mário Nascimento completa duas décadas em 2018 e traz para a capital federal dois espetáculos imperdíveis

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
João Paulo Zanatto* Publicação:14/09/2018 06:01Atualização:13/09/2018 18:23

'Garrafa enforcada' mergulha na ancestralidade do brasileiro (Marco Aurélio Prates/Divulgação)
'Garrafa enforcada' mergulha na ancestralidade do brasileiro

 

A cia de dança Mário Nascimento comemora 20 anos e chega a Brasília para apresentar os espetáculos Garrafa enforcada e Zhu. Em cartaz no Teatro da Caixa, as coreografias mesclam dança, teatro e poesia.

 

Garrafa enforcada foi inspirado no livro História dos nossos gestos (1976), de Câmara Cascudo, e traz os gestos descritos na obra. A coreografia mergulha na ancestralidade gestual do brasileiro, com influências da África, da Península Ibérica e dos ameríndios. A apresentação conta com a direção de Mário Nascimento e Rosa Antuña.

 

Zhu, bambu em chinês, é um signo de resistência, de constante movimento e da suavidade e maleabilidade frente às adversidades da vida. A companhia buscou no bambu, um dos materiais mais fortes, a metáfora para o sentido de resistência. De acordo com Mário Nascimento, o espetáculo Zhu fala da resistência dos corpos e de desafiar os limites, além de resistência no sentido de sobreviver de arte, resistir com suavidade.

 

“Quem for aos espetáculos não vai ver só uma dança arrojada, mas música, poesia e teatro também. É uma espécie de simbiose de tudo o que pesquisamos até agora” diz o diretor.

 

Fazem parte do elenco, Dalton Wallison, Eliatrice Gichewiski, Fábio Costa, Jorge Ferreira, Ludmila Ferrara, Mariana Chalfum, além de Mário Nascimento e Rosa Antuña. A trilha sonora é original de Fábio Cardia.

 

*Estagiário sob a supervisão de Vinicius Nader

 

Serviço

Circulação Cia Mário Nascimento 20 anos

Teatro da Caixa (SBS Qd. 4; 3206-9448 e 3206-9449). Garrafa enforcada, sexta, às 20h. Zhu, sábado, às 20h e domingo, às 19h. Ingressos R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia-entrada). Classificação indicativa, livre 

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES