Brasília-DF,
21/NOV/2019

Caia na balada: Mulheres de Samba retorna ao Outro Calaf no domingo

O fim de semana ainda tem outras opções; confira!

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Irlam Rocha Lima Publicação:23/08/2019 06:00Atualização:22/08/2019 18:25
Grupo Mulheres de Samba reúne mulheres sambistas de Brasília (Jacqueline Lisboa/Divulgação)
Grupo Mulheres de Samba reúne mulheres sambistas de Brasília

 

Samba delas!


As apresentações do coletivo Mulheres de Samba (foto), que eram eventuais, desde julho passaram a ser mensais. Domingo, a partir das 18h, as sambistas brasilienses voltam a se reunir numa grande roda, no Outro Calaf (térreo do Edifício João Saad/ Setor Bancário Sul), com entrada franca (evento não recomendado para menores de 18 anos).

Trazer para a roda o repertório do samba de raiz, de grandes mestres do gênero, com ênfase para criações de compositoras como Dona Ivone Lara, Leci Brandão e Teresa Cristina, é uma das propostas do Mulheres de Samba.

O coletivo que, desde o primeiro semestre, tem à frente Angélica Diano, da Mandala Produções, surgiu em 2016, idealizado por Clara Nogueira, Elizabeth Maia e Rebeca Dourado. Atualmente, o grupo conta com aproximadamente 40 integrantes, entre cantoras e instrumentistas.
 
De acordo com Clara Nogueira, um fato foi determinante para a criação do Mulheres de Samba. "Nos sentíamos incomodadas por ver as mulheres sambistas, nas rodas masculinas, serem sempre coadjuvantes e nunca protagonistas", lembra.

"Em 2016, no Dia Internacional da Mulher, ocorreram algumas rodas de samba na cidade, em que, mesmo sendo homenageadas, as sambistas eram colocadas em segundo plano. Então nos reunimos e criamos o coletivo Mulheres de Samba, no qual somos as protagonistas, num movimento ligado ao empoderamento feminino", destaca.

Show de Fred & Gustavo agita Brasília no fim de semana  (Bravo Assessoria/Divulgação)
Show de Fred & Gustavo agita Brasília no fim de semana

 

Noite sertaneja


A dupla Fred & Gustavo (foto) é a atração de sábado, a partir das 23h, do projeto Pink Sertanejo, na boate Pink Elephant (SCES, Tc. 2). Dupla com essa formação desde 2013, os cantores trazem o show do mais recente trabalho, o álbum Esquema. Lançado no ano passado, o disco tem canções como Joga beijo fora (gravada com Thiago Bravo), É tudo dela, De um beijo pro outro e Romanticamente abalado. Canções do repertório clássico do duo também fazem parte do show, como Faxina, Vagabundo chora, A culpa é da bebida, Eu tô com você e Velocidade do esquecimento. A entrada custa R$ 20 (mulheres) e R$ 40 (homens). Valores de meia-entrada e primeiro lote. À venda no aplicativo da Pink Elephant. Não recomendado para menores de 18 anos.

De casa nova


Após fazer história no Setor Comercial Sul, o Samba Urgente ganha novo cenário. Em sua 18ª edição, sábado, às 21h, o evento será realizado, pela primeira vez, na Piscina com Ondas, como parte da Ocupação Contém. Além da roda de samba do projeto, se unem à festa ÊaÊaÔ — Axé anos 90, iniciativa musical composta por integrantes das bandas Móveis Coloniais de Acaju, Muntchako, Passo Largo e Consuelo, com o melhor do axé dos anos 1990, e o Grupo Seu Estrelo. A entrada é franca. Os ingressos devem ser retirados no www.sympla.com.br. Um novo lote será liberado hoje, a partir das 20h. Até as 22h, é necessário o bilhete. Após esse horário, estará permitida a entrada do público sem ingresso. Evento sujeito a lotação. Classificação indicativa livre.
 
Grupo Forró do B se apresenta em festival multiartístico  (Webert da Cruz/Divulgação)
Grupo Forró do B se apresenta em festival multiartístico

 

Festival multiartístico


Apresentações musicais, oficinas, performances, feira colaborativa e exposições fazem parte da programação do Festival Mais Direitos, Mais Democracia, que ocorre hoje, das 12h às 20h, na Praça Central do Setor Comercial Sul (Qd. 5, em frente ao BRB). O evento faz parte das celebrações dos 40 anos do Instituto de Estudos Socioeconômicos (Inesc), organização não governamental, sem fins lucrativos e não partidária. Com oito horas de programação, o evento contará com shows do grupo Forró do B (foto), do projeto Mulheres de Samba, do rapper Markão Aborígine, de Eliabe, Carlão Rocha, Distrito Drag, além dos DJs Kashuu, Bola e Eldy. O evento tem ainda intervenção da Cia Bisquetes, Batalha de Rimas e oficina de charme com Pegada Black. A entrada é franca. Classificação indicativa livre.

Homenagem ao Maluco Beleza


Na última quarta-feira, completaram-se 30 anos da morte do cantor Raul Seixas. O Maluco Beleza e o repertório clássico do roqueiro serão celebrados neste domingo, a partir das 15h, no Rota 040 (em frente à passarela do Jardim Ingá, em Luziânia-GO), no evento Ingá é rock — 30 anos sem Raul Seixas. A homenagem ficará a cargo dos músicos Marcelo Marcelino, Magna 4, Loretta, Walk Again, Ser, Dom Ticones e Visão Global. A entrada é franca, mediante a doação de 1kg de alimento não perecível. Classificação indicativa livre.

Outros agitos


Sexta, às 20h, a Casa Thomas Jefferson (706/906 Sul) tem mais uma edição do projeto Sextas Musicais. A atração da semana é o grupo Brasilian Strings Trio, formado por Ted Falcon, Andrew Finn Magill e, excepcionalmente na apresentação brasiliense, com Félix Júnior substituindo Nando Duarte. No repertório, a música brasileira contemporânea. Entrada franca. Classificação indicativa livre.

Sábado, a partir das 22h30, a boate Victoria Haus (SAAN, Qd. 1) recebe a festa Vale. O evento será comandado pelos DJs Diogo Goyaz, Laurize, Rick Braile, Fábio Callai e Mutti. Entrada a R$ 34,99 (pista), R$ 39,99 (camarote pop), R$ 44,90 (lounge pop) e R$ 59,99 (backstage house). Valores de meia-entrada e primeiro lote. À venda em ingressosvictoriahaus.com. Não recomendado para menores de 18 anos.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES